Alberto Bacarin diz que não é mais presidente da SERI e envia nota explicativa

Peço licença para colocar algumas questões. O SERI tem uma diretoria que está cuidando do clube da seguinte maneira.
1. Entreguei a presidência antes das eleições em 2016 mas existem associados que continuam com a diretoria atual.
2. Naquela piscina existe dispositivo que não permite a criação de larvas de pernilongos ou dengue, todo mês a vigilância sanitária faz vistoria e nos últimos 5 anos nunca foi encontrado foco.
3. Segundo me informaram os diretores a capina e limpeza é feita a cada 3 meses, sendo que a última foi feita em dezembro e a próxima deverá ser feita no início do próximo mês.
4. No final de 2016 foi feito além da limpeza também pintura em algumas partes do clube.
5. No início de 2015, os associados em assembléia aprovaram que a diretoria iniciasse negociação com investidores para venda da seguinte maneira: escolheríamos um lugar apropriado, os investidores comprariam aquela propriedade e construiriam um novo clube de acordo com projeto previamente aprovado pelos associados e com o mesmo valor da área atual do SERI, desta maneira não seria uma venda mas uma troca, e ao final após vistoria e aprovação dos associados, então as trocas de matrículas seriam feitas, e naquele local seria construído uma área comercial tipo shopping center. Porém fomos surpreendidos com um Decreto Municipal do ex-prefeito José Maria, decretando aquela área como utilidade pública, o que impossibilitou esta operação de troca (por favor nenhuma crítica ao ex-prefeito apenas uma informação, pois ele tinha planos para aquela região).
6. A situação atual que os atuais diretores estão verificando com seus advogados é a respeito deste Decreto, para que possam direcionar os próximos passos dentro da legalidade. 7. O vereador deveria antes de tecer comentários e induzir pessoas a conclusões, ter procurado membros da diretoria para receber informações.
8. Finalmente quero dizer, e vocês que me conhecem sabem que estou sendo sincero, que fiquei comovido e emocionado com as preocupações de todos, demonstrações de amor àquele patrimônio, oferecimento de ajuda e dizer a vocês que, quando vou lá, também relembro daquela época, pois foi lá que conheci minha esposa, tive momentos maravilhosos e que fui vice-campeão paranaense de natação. Espero que dentro de pouco tempo a diretoria consiga avançar para que aquele espaço venha a ser utilizado de maneira digna por tudo que representou.
Grande abraço e Feliz Páscoa a todos.

Um comentário em “Alberto Bacarin diz que não é mais presidente da SERI e envia nota explicativa

  • 02/04/2018, 10:59 em 10:59
    Permalink

    Fiquei emocionado quando li.

    – (por favor nenhuma crítica ao ex-prefeito apenas uma informação, pois ele tinha planos para aquela região).

    E assim Ibiporã é o que é: Terra de Janderson Marcelo Canhada, nosso baluarte na administração martchello BELINATI, Reinaldo Ribeirete da pedreira Ica e CODEL, e a secretaria do idoso Nádia Oliveira de Moura.

    Terra do conhecido homem de José Janene, primo falecido de Jamil Jannani, Janani, Janene, Janneni, etc – o Pororoca

    – PDT
    https://www.eleicoesepolitica.net/vereador2000/PR/75914/12345

    PSC
    https://www.eleicoesepolitica.net/vereador2004/PR/75914/20123

    http://www.aocp.com.br/concursos/arquivos/historia_ibipora.PDF

    “O prefeito não compareceu à inauguração, que aconteceu no dia 31 de outubro, porque no
    dia anterior, segundo informação da Folha de Londrina, de 01/11/82, “foi agredido pelo senhor
    Antonio Godoy Sobrinho (Pororoca) e dois cabos eleitorais do partido dele. O entrevero causou
    ferimentos no corpo e na cabeça do prefeito que foi defendido por pessoas que não gostaram da
    atitude daquele adversário político”.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: