André Vargas é condenado mais uma vez. Agora a 4 anos de xilindró

Do José Pedriali

O juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em primeira instância, condenou o ex-deputado federal André Vargas (ex-PT-PR) a quatro anos e meio de prisão pelo crime de lavagem de dinheiro. O ex-parlamentar, inicialmente, cumprirá a pena em regime fechado.

Ele já cumpre pena no Complexo Médico Penal de Piraquara, região de Curitiba.

“Também teriam utilizados expedientes escusos para dificultar o rastreamento dos recursos utilizados na aquisição, como a realização de depósitos elevados em espécie, sem identificação do depositante, e mesmo a utilização de pessoa interposta”, diz a denúncia. (leia mais)

3 comentários em “André Vargas é condenado mais uma vez. Agora a 4 anos de xilindró

  • 06/04/2017, 21:04 em 21:04
    Permalink

    Bagrinho. Só está preso porque é bagrinho e não delatou o Lula e a Dilma. Aposto que, se tivesse inventado qualquer sandice contra o Lula e a Dilma ou o PT, já estaria solto há muito tempo. O Youssef delatou Aécio Neves na Lava Jato em março de 2015 e repetiu o que afirmara ao juiz Moro em 25 de agosto do mesmo ano na CPI da Petrobras. Depois Aécio voltou a ser delatado meia dúzia de vezes. E o que aconteceu com Aécio? Nada! A não ser uma foto aos risos com o juiz Moro. Em resumo: André Vargas é bagrinho e bagrinho é fácil de ser mantido no xilindró.

    Resposta
  • 06/04/2017, 21:15 em 21:15
    Permalink

    Hilario
    Andre Vargas Ilario

    Resposta
  • 16/04/2017, 18:12 em 18:12
    Permalink

    Há se a Odebrech fosse fiel igual a esse cara, seria um alívio para muitos políticos.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: