André Vargas reclama demora do STF

do Lauro Jardim

Preso há três anos, André Vargas reclamou ao STF que seu recurso não foi julgado, passados mais de sete meses após sua apresentação. Vargas está preso preventivamente ainda, já que sua condenação foi apenas na primeira instância. Sua defesa argumenta que os crimes pelos quais responde não têm relação com a Petrobras e, por isso, não poderiam ser julgados por Sérgio Moro. O ex-deputado pede ao ministro Edson Fachin que paute os embargos que apresentou. Fachin não tem prazo para responder. As informações são de Juliana Braga n’O Globo.

2 comentários em “André Vargas reclama demora do STF

  • 05/04/2018, 09:41 em 09:41
    Permalink

    O ex-deputado tem toda a razão. Prisão preventiva durante três anos é mais uma aberração jurídica das muitas que se vê na chamada república de Curitiba. André Vargas paga o preço de ter sido deputado petista e não ter feito delação premiada. Mas ele não deve se iludir. O STF, que livrou a cara do Aécio, ontem retirou um direito constitucional do Lula. Coisas dessa ditadura que avança a passos largos no Brasil.

    Resposta
  • 05/04/2018, 11:34 em 11:34
    Permalink

    – Brasil é o único País no mundo em que remédios jurídicos de UTI (HC/MS) demoram anos para serem julgados. O paciente ou impetrante morrem antes.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: