Anúncio de “curso de medicina na UENP”, mais um factoide de campanha?

Está programado para hoje de manhã a visita da governadora Cida Borghetti em Cornélio Procópio. Ela deve anunciar o curso de Medicina para a UENP.

Entretanto, a informação provocou um tumulto na cidade e na região. Está sendo entendida como mais um factoide de campanha.

Vamos aos fatos.

Em abril deste ano o Ministério da Educação suspendeu a abertura de novos cursos de medicina por 5 anos (veja aqui)

O anúncio, feito pela Casa Civil informando que a assinatura é para a “instalação do curso de medicina”, na verdade é apenas uma autorização para que a UENP inicie estudos para talvez abrir um curso de medicina em algum momento do longínquo futuro.

Além disso, a informação irritou muitos professores e dirigentes da própria UENP que está passando por uma crise enorme, sem dinheiro para coisas simples como manutenção das instalações, compras de materiais de escritório, etc.

 

 

 

 

7 comentários em “Anúncio de “curso de medicina na UENP”, mais um factoide de campanha?

  • 06/07/2018, 14:52 em 14:52
    Permalink

    Claudio,
    Não se pode criar cursos em Universidades privadas e federais nos próximos 5 anos.
    Não há restrição nas estaduais.
    Será uma grande conquista de Cornelio e do norte do Pr.
    Aguardem!!!

    Resposta
    • 09/07/2018, 09:41 em 09:41
      Permalink

      O apoiador do Temer vem informar, como se fosse a coisa mais normal do mundo, que universidades privadas e federais nos próximos 5 anos não podem criar cursos de medicina. Pare de puxar o saco do Temer, comentarista. Essa medida do seu presidente veio pra agradar o lobby de médicos, não a necessidade do povo.

      Resposta
    • 09/07/2018, 12:33 em 12:33
      Permalink

      Alex Canziani é aquele do PTB, do Roberto JerfJeffe que foi em cana no mensalão?

      Resposta
    • 09/07/2018, 12:35 em 12:35
      Permalink

      Para Apucarana nada não?

      Resposta
  • 06/07/2018, 19:51 em 19:51
    Permalink

    Pouco a pouco os eleitores vão entendendo como os factoides alimentam candidaturas de políticos profissionais. Às vésperas das eleições factoides alimentam o jornalismo feito por jornalistas preguiçosos que não analisam as notícias que chegam às redações, ou melhor, às caixas de e-mails. Existe um factoide aí de um “deputado sério” que vende a ilusão de uma reforma tributária em breve. Eu apenas me divirto!!!

    Resposta
  • 07/07/2018, 08:12 em 08:12
    Permalink

    Pior é anunciar que as aulas começam no primeiro semestre de 2019! Como assim? E ainda participa da mentira o Boneco de Olinda, que aparece na foto batendo palmas. Ebaaaa, não sabem que mentira tem perna curtaaaaaa? Vamos ficar de olho e acompanhar o desenrrolar da mentira.

    Resposta
  • 07/07/2018, 08:15 em 08:15
    Permalink

    É a reitora Fátima, que parece ser uma pessoa esclarecida, caiu no conto do vigário? kkkkkkkk

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: