Apucarana esclarece

O Procurador do Município de Apucarana, Paulo Sérgio Vital, esclarece que essa condenação do Tribunal de Contas do estado é referente ao prefeito anterior, João Carlos de Oliveira (PTB), que ocupava o cargo em 2012. Segundo ele, o Município vai recorrer, mas se for condenado em definitivo à restituir o Estado, irá propor uma ação de ressarcimento aos cofres públicos, contra o ex-prefeito João Carlos de Oliveira. Ele revela ainda que todas as contas do primeiro mandato (2013/2016) do atual prefeito Beto Preto (PSD), foram aprovadas pelo TCE.

Deixe uma resposta