As diárias do Secretário de Educação de Rolândia

E em Rolândia um assunto que anda dando pano pra manga é o tanto de diárias que consome o Secretário de Educação da cidade, Cláudio Martins de Pinho.

Só em 2018, foram mais de R$ 11 mil em diárias, e olhe que estamos apenas no começo de março.

Tudo lá no portal da Transparência.

 

4 comentários em “As diárias do Secretário de Educação de Rolândia

  • 10/03/2018, 09:11 em 09:11
    Permalink

    Complemento salarial, onze mil em dois meses?

    Resposta
  • 12/03/2018, 18:00 em 18:00
    Permalink

    E o prefeito tucano o que diz?
    Tem Câmara de Vereadores em Rolândia? Se tem, está faltando atuação!
    MP bom começar a olhar para Rolândia..

    Resposta
  • 12/03/2018, 19:58 em 19:58
    Permalink

    Teve um grupo aqui que fez dezenas de viagens para tentar salvar a telefónica, talvez quase uma centena. Falaram com o presidente, com o bispo, com o Ze Dirceu, etc e tal. Já que perguntar não ofende, qual foi o resultado desta gastança? Não precisa ser a mãe Diná para adivinhar, CONCORDA? Isso sem falar em outros passeios, ops, quero dizer, viagens a trabalho.

    Resposta
  • 13/03/2018, 07:18 em 07:18
    Permalink

    Esse sujeito pulou de galho em galho em Brasília, sempre por indicação política. Mesmo se definindo como o rei da cocada nos bastidores da República, troca Brasília para ganhar pouco mais de 4 mil em Rolândia. Detalhe: ele não é franciscano. Detalhe 2: assumiu a Secretaria da Educação, mesmo sendo especialista em…piscicultura. Como lugar de lobista é em Brasília, é obvio que ele não consegue sair de lá. Cheira mal. Com a palavra o Ministério Público.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: