As idas e vindas do ocupante da cadeira de prefeito

As idas e vindas de Marcelo Belinati Martins, no momento, prefeito de Londrina.

Até há poucos dias em suas overdoses de lives e pronunciamentos, ele dizia que todas as decisões eram tomadas com base nos números, na ciência e escorado nas recomendações do Coesp – Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública. Aliás, a todo momento rasgava elogios aos integrantes do Coesp.

Esta semana o Coesp anunciou que Londrina está com “Risco Alto” no combate à epidemia do coronavirus.  Pronto, o namoro acabou.

Pressionado por vários setores para flexibilizar horários e atividades – por exemplo o horário do comércio será ampliado na véspera do dia dos pais – Marcelo Belinati passou agora a dizer que o Coesp não é deliberativo e sim consultivo.

Tipo assim: se ele concorda com o Coesp, o Coesp é respeitado e colocado na linha de frente das decisões. Se ele não concorda, o Coesp se transforma em apenas mais uma opinião a ser considerada, mas não muita.

6 thoughts on “As idas e vindas do ocupante da cadeira de prefeito

  • 07/08/2020, 19:01 em 19:01
    Permalink

    Pois é, sr. Paçoca. E eu, o tempo todo, achando que o Coesp era um comitê técnico.

    Resposta
  • 07/08/2020, 20:20 em 20:20
    Permalink

    Como acreditar nesse Prefeito. Antes era contra aumentar iptu, depois todos sabem o que aconteceu. Antes o Coesp que determinava o abre e fecha, agora não é bem assim.. dá pra acreditar?

    Resposta
  • 07/08/2020, 20:21 em 20:21
    Permalink

    O amigo do Bolsonaro que empurrou pela goela do londrinense um IPTU do tamanho de um cometa gosta mesmo é dum outro Coesp: o Centro de Operações Especiais dos Sindicatos Patronais. O prefeito Corona deveria, se pensar pelo menos nos seus eleitores, ficar de olho no exemplo que vem da cidade de Arapongas. Lá o prefeito parece defender os negócios acima de todos e o lucro acima de tudo. O resultado é que nessa quinta a cidade anunciou 6 mortes por covid-19 e 104 novos contaminados pelo coronavírus. Enquanto os trabalhadores da saúde arriscam suas vidas e ralam pesado diariamente para atender os doentes de covid, os prefeitos bolsonaristas só querem ver os ônibus lotados com trabalhadores e consumidores indo para e vindo dos centros comerciais.

    Resposta
  • 08/08/2020, 19:52 em 19:52
    Permalink

    Vamos lá, prefeito, segure firme (não precisa disfarçar, não) a bandeira do coronavírus junto com seu amigo presidente. Vamos lá, aí o Brasil chega mais rapidamente aos 200 mil.

    Resposta
  • 09/08/2020, 11:38 em 11:38
    Permalink

    Estou avalizado pela ciência.
    Dados técnicos.
    Gente séria do coesp.
    E a promotoria? Que fala deste médico sem consultório? De advogado sem OAB?
    Marcelo Belinati é o tio Bila com cabelo na orelha?

    Resposta
  • 10/08/2020, 14:21 em 14:21
    Permalink

    Pacovarde com ceboca , quando voce vai postar algo do deputado gritao, mas que medo e esse,,,,,que vergonha

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: