Auditor delator tem prisão preventiva revogada e vai pra casa com tornozeleira eletrônica

O juiz Juliano Nanuncio revogou a prisão preventiva do auditor delator Luiz Antonio de Souza. Ontem ele prestou depoimento e confimou tudo o que já tinha dito, dando detalhes das mutretas de corrupção, citando envolvidos, falando sobre locais de entrega de grana, etc.

Com a revogação ele vai pra casa, possivelmente ainda hoje, usando a famosa tornozeleira eletrônica, e continuará respondendo à justiça no conforto do seu lar comprado com o dinheiro suado do seu esforço laboral.

Veja abaixo:

4 thoughts on “Auditor delator tem prisão preventiva revogada e vai pra casa com tornozeleira eletrônica

  • 04/04/2017, 17:28 em 17:28
    Permalink

    Pois então…. Estranho como que a fala de um pedófilo pode valer tanto, e por outro lado, o juiz dizer que um documento oficial está errado… Não é mesmo???

    Também não sabia o tal juiz poderia liberar um sujeito acusado de estupro de vulnerável, que é da responsabilidade de outro juiz…

    Ops… esqueci: a promotora Suzana, defensora dos direitos das crianças assinou a delação que anulou os 100 anos do pedófilo, e inclusive tirou o foco dos noticiários….
    estranho….

    Resposta
  • 04/04/2017, 18:56 em 18:56
    Permalink

    E o Luís Abi e o primo distante?

    Resposta
  • 04/04/2017, 22:18 em 22:18
    Permalink

    e meu pai dizia filho estude, trabalhe seja serio, isto dignifica o homen, cloitado dele e de m im que fui ouvir suas historias, vejam estas crias roubaram, deitaram e rolaram e ainda vao nós prender la na frente……

    Resposta
  • 06/04/2017, 17:47 em 17:47
    Permalink

    – Só está solto porque o Ministério Público e o judiciário ficaram com medo dele, do que ele poderia falar sobre manipulação de depoimentos como afirmado em instrução criminal datada de 06/03/2017. Rapidinho efetuaram um “ADITIVO” em um contrato que não mais estava no mundo jurídico, face rescisão pelo próprio MP/judiciário. Qual a validade disto? Nenhuma! – A quem pensam que estão enganando? – E as menininhas, como é que fizeram para que ele fosse solto. COM A PALAVRA A JUÍZA DO CASO. ACORDA SOCIEDADE!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: