Bancada da bala

Anderson Torres

O delegado Anderson Torres, que deixa Secretaria da Segurança do DF e assume o Ministério da Justiça no lugar de André Mendonça, tem muita proximidade com o grupo conhecido como “bancada da bala”.

Torres atuou durante anos como chefe de gabinete do ex-deputado federal Fernando Francischini (PSL-PR), um dos primeiros parlamentares no Congresso a abraçar, em 2018, a campanha de Bolsonaro ao Planalto.

2 thoughts on “Bancada da bala

  • 30/03/2021, 14:04 em 14:04
    Permalink

    Não acredito, tio! De chefe de gabinete de deputado inexpressivo para ministro da Justiça… PQP! Isso é um salto triplo carpado! Na patota do Bolsonaro não existe nem um único jurista que aceite o cargo? Vai ver que pro Bolsonaro jurista é só miliciano que empresta dinheiro a juros. Quá! Quá! Quá!

    Resposta
  • 30/03/2021, 14:56 em 14:56
    Permalink

    Mais remendado esse gobierno que câmera de ar de pneu de caminhão Feneme, aquela marca brasileira. É tudo mentira….

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: