Bandidagem tremei: Gaeco cumpre mandados de prisão

O Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) cumpre mandados no dia de hoje, em Londrina. Esta é a terceira fase da Operação Publicano que investiga corrupção na Receita Estadual. Nas duas primeiras fases o Ministério Público denunciou quase 200 pessoas por participação no esquema criminoso. Cinco mandados foram cumpridos até o momento, Antonio Favoreto Pereira Junior Favoreto (irmão do auditor fiscal, José Luiz Favoreto) é um dos que foi preso.  A intenção é investigar a lavagem de dinheiro. O Gaeco identificou cerca de R$ 6 milhões que os investigadores indicam como fonte a corrupção.

Deixe uma resposta