Barbosa Neto e Zanlorenci são absolvidos

Mais uma. O ex-prefeito de Londrina Homero Barbosa Neto e o ex-secretário de Defesa Social Benjamin Zanlorenci Junior foram absolvidos da acusação de peculato, em ação promovida pelo Ministério Público no ano de 2015. Ao lado deles, no banco dos réus e também absolvidos, está a empresa Delmondes & Dias Ltda e seus sócios, Marco Antônio Cito, ex-Secretário de Gestão Pública.

Informa o advogado Gabriel Antunes:

Sobre o que era a acusação:

A imputação diz respeito a um contrato que teria sido celebrado com a finalidade de lesar o erário público, com apropriação indébita de valores, envolvendo a empresa Delmondes e Dias, que não teria ministrado o curso de formação da Guarda Municipal, somente repassando valores aos instrutores, já que o curso teria sido aplicado pela Polícia Militar, através de convênio firmado com a Prefeitura Municipal de Londrina.

O Ministério Público acusou com base em que:

Para comprovar a alegação do crime, o Ministério Público juntou cópia do convênio supostamente estabelecido. Ocorre que a Polícia Militar não assinou aquele esboço de convênio.

O que disse a Polícia Militar do Paraná:

A própria Polícia Militar apresentar documento, este solicitado pelo denunciado Benjamin Zanlorenci Junior, em que o Comando da Polícia Militar nega a existência do convênio entre a Polícia Militar e a Prefeitura Municipal de Londrina para ministrar o curso de formação da Guarda Municipal.

Por que tudo foi feito tão rapidamente:

Tanto os demais réus como as testemunhas afirmaram que o réu Homero Barbosa Neto, então Prefeito Municipal, buscou de várias formas a implantação da Guarda Municipal, de forma a honrar suas promessas de campanha, procurando a ajuda de diversos entes, da sociedade civil e entes públicos, dentre eles a Polícia Militar.

Qual a conclusão do Juiz:

Restou claro pelas provas coligidas que a contratação da empresa Delmondes & Dias se deu através de processo licitatório, na qual, inclusive, não foi a primeira colocada, não sendo a legalidade da licitação colocada em discussão.

4 thoughts on “Barbosa Neto e Zanlorenci são absolvidos

  • 02/03/2021, 09:36 em 09:36
    Permalink

    Isto aí paçoca! Ultimamente vc anda detonando seus amiguinhos promotores do GAECO hein! – Ainda bem que resolveu retornar a um jornalismo imparcial.

    Resposta
  • 02/03/2021, 12:24 em 12:24
    Permalink

    O mais estranho em tudo isso que pra prender ou relatar o rolo as poderosas emissoras enfiam a câmera na cara do sujeito , mostram as algemas no tornozelo ,fazem o maior sensacionalismo, promotor bravo na TV dando depoimento , etc… Daí passa algum tempo a imagem da pessoa já tá destroçada e vem a absolvição … Nenhuma notinha informando ,nem retratação,nas emissoras poderosas , para a opinião pública o cara continua sendo ladrão e vilão … Parabéns ao Blog , vocês noticiam do começo ao fim , tem que dar crédito ao Barbosa que visivelmente foi prejudicado e injustiçado,Justiça seja feita nesse e nos outros rolos de Londrina e do Estado .

    Resposta
    • 02/03/2021, 16:44 em 16:44
      Permalink

      Eu iria comentar, mas prefiro assinar em baixo do que escreveu o André Honorato. Falou tudo o que penso destes pseudo promotores do gaeco de Londrina.
      Uma vergonha. E mais uma vez parabéns ao blog

      Resposta
  • 02/03/2021, 15:23 em 15:23
    Permalink

    Quando será a canonização destes santos homens?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: