Base de Temer nem sempre é convicta

Dos sete deputados que votaram contra a reforma trabalhista, quatro são da base do governo de Michel Temer (PMDB): Christiane Yared (PR), Fernando Francischini (SD), Leopoldo Meyer (PSB) e Luciano Ducci (PSB). Outros três que votaram contra são da oposição: Aliel Machado (REDE), Assis do Couto (PDT) e Enio Verri (PT).

Um comentário em “Base de Temer nem sempre é convicta

  • 27/04/2017, 12:46 em 12:46
    Permalink

    Com a deserção de muitos antigos fiéis ao golpista Temer, a reforma na Previdência já foi pro brejo!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: