Bicho é feio também no Mato Grosso

do Antagonista

Citado na delação premiada de Silval Barbosa, o seu antecessor no governo de Mato Grosso, Pedro Taques disse ao Estadão que Silval “roubou 1 bilhão de reais, devolve 76 milhões e vai ficar dois anos em prisão domiciliar na sua cobertura”.

Pedro Taques afirmou ainda que “hoje saiu a notícia de que a mulher dele roubou dinheiro de caixão de defunto, de óculos, de dinheiro para criança aleijada”.

Para completar, o governador disse que “o tapete da sala que eu ocupo era diferente. Roubou o tapete!”.

O chumbo é grosso em Mato Grosso.

Deixe uma resposta