Bolsonaro diz que em seu governo não haverá regulamentação da mídia

Bolsonaro e Silvio Santos – reprodução

da Agência Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afastou qualquer possibilidade de fazer uma regulamentação da mídia no país. Ele, inclusive, citou as redes sociais como veículo de mídia excluído de possibilidade de regulação.

“Em meu Governo a chama da democracia será mantida sem qualquer regulamentação da mídia, aí incluída as sociais”, disse o presidente em sua conta no Twitter, hoje (5).

A regulação da mídia chegou a ser tema de discussões em 2015, no governo da ex-presidente Dilma Rousseff. À época, o governo entendia que a medida democratizaria a comunicação e combateria oligopólios e monopólios no setor. O debate, no entanto, não foi à frente.(leia mais)

2 comentários em “Bolsonaro diz que em seu governo não haverá regulamentação da mídia

  • 06/05/2019, 11:02 em 11:02
    Permalink

    Bolsonaro não precisa regulamentar, só comprar. Vejam o ar de felicidade do dono do SBT! Outro feliz proprietário de rede de televisão é o meu querido bispo Edir Macedo, dono da Record.

    Resposta
  • 06/05/2019, 11:11 em 11:11
    Permalink

    Regulamentação da mídia não é censura, é procedimento normal nos regimes democráticos. Constitui-se até em ameaça à democracia poderes concentrados num pequeno grupo (famiglia) empresarial que controla várias órgãos de comunicação. Como é o caso da Globo. Quem é contra a regulamentação democrática da mídia deveria ser contra também a regulamentação da indústria, comércio e sistema bancário e deveria defender, por exemplo, o fim do Cade. Afinal de conta, para estes deveria ser um escândalo o governo intervir nos negócios privados que impedem o monopólio em setores da economia.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: