Cadê a fiscalização da “cidade limpa”?

O ex-prefeito de Londrina Homero Barbosa Neto, que teve o mandato cassado por improbidade, fez algumas bobagens na cidade. Mas também fez algumas coisas importantes. Entre elas a Lei Cidade Limpa. Depois da lei, aquela poluição visual que emporcalhava a cidade foi reduzida ao mínimo.

Mas, o tempo passa, a fiscalização dorme, e as empresas estão voltando a abusar. De concessionária de veículos a outlets, passando por postos de combustíveis e outros empreendimentos, são inúmeros casos de desrespeito à lei.

Daqui a pouco Londrina, visualmente, voltará a ser o que era há alguns anos, aquele horror de publicidades sobrepostas, fachadas medonhas, etc.

 

Deixe uma resposta