Câmara analisa abertura de processo contra vereadores

Os vereadores que compõem a Mesa Executiva da Câmara de Londrina estão analisando hoje o parecer do procurador Jurídico Miguel Aranega Garcia sobre o pedido de abertura de Comissão Processante contra os vereadores Rony Alves (PTB) e Mário Takahashi (PV), acusados pelo Ministério Público de receberem benefícios pouco cristãos para a aprovação de leis mudando zoneamento da cidade. O pedido de abertura de CP foi feita pelo vereador Filipe Barros (PRB).

 

Um comentário em “Câmara analisa abertura de processo contra vereadores

  • 05/02/2018, 22:16 em 22:16
    Permalink

    A comissão de Ética, tem que ser trocada urgentemente, pois se trata de uma questão de MORAL, levando em consideração que um membro está sendo investigado (ou foi) pelo MP, e outro, se tata nada mais nada menos que o carismático cara de peroba Jamil Janene. O suplente do suplente do suplente, que foi banido da política pelos próprios eleitores, mas que num passe de mágica ressuscitou dos mortos para virar Vereador. Aí é prá acabar.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: