Câmara vota hoje as contas do “tio Bila”

Depois de 21 anos naquele escaninho dos assuntos perdidos, a Câmara de Londrina vai votar as contas de 1999 da administração Antonio Cassemiro Belinati.

O parecer do Tribunal de Contas do Paraná é pela desaprovação.

Veja os motivos:

1) não contabilização de diversos lançamentos de movimentação bancária;

2) inconsistências entre o saldo contábil e bancário da conta mantida no Banco Banestado;

3) ausência de extratos bancários de contas mantidas na Caixa Econômica Federal;

4) não encaminhamento dos extratos bancários dos valores inseridos nas conciliações bancárias;

5) incorreção na elaboração do “Anexo 15 – Demonstrativo das Variações Patrimoniais”;

6) baixa de R$ 108.492,50 em créditos sem apresentar motivação;

7) falta de reconhecimento do total da dívida junto ao INSS;

8) falta de recolhimento de R$ 41.461.899,20 em encargos patronais devidos ao sistema de previdência próprio (Caapsml);

9) falta de repasse de R$ 1.709.001,30 para o Fundo Municipal de Reequipamento dos Bombeiros de Londrina (Funrebom);

10) manutenção de despesas no grupo denominado “frente de trabalho”;

3 thoughts on “Câmara vota hoje as contas do “tio Bila”

  • 17/12/2020, 10:59 em 10:59
    Permalink

    Numa única prestação de contas, o leitor descobre que o chefe do clã Belinati deixou de pagar à Caapsml mais de R$ 40 milhões. Mas o que chama a atenção mesmo é a grande quantidade de belinatetes no funcionalismo municipal. Inclusive garantiram a reeleição do alcaide com margem de votos expressiva. Quá! Quá! Quá!

    Resposta
  • 17/12/2020, 14:14 em 14:14
    Permalink

    Depois de tantos anos, perde-se o sentido… TSE, TContas, nao se pronunciou em tempo habil? Encerra-se o caso, e outra ele ja foi absolvido pelas urnas…

    Resposta
    • 17/12/2020, 17:22 em 17:22
      Permalink

      Discordo num ponto Maria, a de que a urna tenha que absolver político que pratica improbidade administrativa. É dever do cidadão, do eleitor, eleitora rejeitar nas urnas esse tipo de político. Senão, a corrupção se fortalece.

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: