Campanha contra o comércio ilegal do vale-transporte

Valter Orsi
Valter Orsi, presidente do Sindimetal

Várias entidades empresariais de Londrina, junto com o Ministério Público, INSS e Polícia Militar estão em campanha contra o comércio ilegal de vale transporte. A prática é ilegal e pode gerar demissão por justa causa.

O Sindimetal Londrina preparou um informativo que está sendo distribuído para as demais entidades para alertar os funcionários das empresas.

Segundo o presidente do Sindimetal Londrina, o benefício para os trabalhadores, criado há trinta anos, não pode ser desvirtuado. “As empresas pagam o valor que excede de 6% sobre o salário do trabalhador. Quando o trabalhador recebe o vale-transporte sem realmente precisar dele e o revende está lesando a empresa em que trabalha e pode até ser demitido por justa causa”, disse Orsi.

Um comentário em “Campanha contra o comércio ilegal do vale-transporte

  • 06/10/2015, 13:28 em 13:28
    Permalink

    Na falta do que falar, com vontade de aparecer, levante-se esta bandeira. O negócio é o seguinte: você paga o vale transporte, e o empregado faz com ele o que quiser… simples e ponto final. Se o empregado pega carona com o amigo que passa de carro do lado da sua empresa, ou se vem de helicóptero, ou se ele tem um par de asas e voa, isso não é problema seu, paga e pronto. Não é que eu concorde com o comércio ilegal do VT, mas é um assunto que não vale a pena debater, o empresário tem que se fazer de bobo e pagar calado. Porque se não pagar o VT ou se mandar embora por justa causa, o empregado vai até a mamãe, digo, à justiça mamãe trabalhista, e aí recebe do mesmo jeito, e ainda terá as custar para pagar. E outra, empregado que fatura uns 100 por mês com a venda do VT, não é para abastecer o Porsche Cayennne, nem para pagar a ação do clube, é para poder comprar dois kilinhos de acém pra comer na terça e na quarta. Pergunto, qual o salário de um metalúrgico mesmo? não passa de 1500,00, e “cos desconto”…..

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: