Candidatos empresários podem deixar de ser exceção

As últimas eleições para prefeito de Londrina foram disputadas quase que exclusivamente por políticos de carreira. Praticamente nenhum empresário ou profissional liberal se aventurava nas disputas com alguma chance de vencer.

Alexandre Kireeff (PSD), que venceu a última eleição, começou a campanha quase que completamente desconhecido do grande público, empatado tecnicamente nas pesquisas com o então candidato do Psol, Valmor Venturini. Os candidatos que lideravam as pesquisas eram todos políticos – Marcelo Belinati (ex-vereador), Márcia Lopes (ex-ministra), Luiz Eduardo Cheida (deputado), Barbosa Neto (prefeito cassado).

A vitória de Alexandre Kireeff, contra todos os prognósticos iniciais, mostrou que é possível que um candidato, mesmo não sendo político profissional, pode sim vencer uma eleição.

Por isso, percebe-se uma certa movimentação entre os empresários que buscam nomes para apresentar como candidatos também por outros partidos.

2 comentários em “Candidatos empresários podem deixar de ser exceção

  • 06/06/2016, 13:50 em 13:50
    Permalink

    E quando os sindicatos de trabalhadores urbanos e rurais vão acordar e lançar seus representantes candidatos através de partidos à prefeitura e à Câmara Municipal?

    Resposta
  • 06/06/2016, 17:07 em 17:07
    Permalink

    Kkk seu paçoca. O Kireeff não era político? Ele tinha sido candidato a deputado federal em 2010. Já foi de 3 partidos (DEM, PMDB e PSD) e não era político? No que ele trabalha mesmo? Para com isso vai, não é político profissional o cara que exerce atividade na vida pública mas que tem profissão e trabalha em alguma coisa pra ganhar a vida.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: