Chantili na tese

do blog do Zé Beto

Pode ser tudo. Pode ser nada. O jornalista Rogerio Galindo, da Gazetona, registrou ontem a tese sobre uma possível ida de Cida Borghetti para o Tribunal de Contas como fruto de uma tricotagem para as eleições do ano que vem. Hoje colocaram mais chantili nesse bolo: o conselheiro Artagão de Mattos Leão sairia antes do tempo regulamentar para abrir a vaga, mas, em troca, seu filho, Artagão Junior, hoje secretário de Estado, entraria como vice da chapa encabeçada por Ratinho Junior, que seria o abençoado de Beto Richa para a sucessão. O atual governador sairia mesmo candidato ao Senado. Isso é política!

Deixe uma resposta