Cidadão Honorário de Londrina, promotor é acusado de assédio sexual

A informação chegou ao blog dias atrás, mas, pela correria, o editor deste prestimoso blog não conseguiu checar a veracidade do Boletim de Ocorrência. Por isso, segurou.

Agora, foi confirmado, não por este blog, mas por vários outros veículos de comunicação que o Promotor Leonir Batisti, chefe estadual do GAECO, está sendo acusado de assédio sexual por uma servidora do Conselho Superior do Ministério Público do Paraná registrou o BO em Curitiba, alegando que foi “beliscada” pelo promotor.

O caso está sendo investigado em sigilo. Batisti foi procurado pelos veículos e não quis comentar o assunto.

Recentemente, em maio, ele foi homenageado em Londrina com o título de Cidadão Honorário.

10 comentários em “Cidadão Honorário de Londrina, promotor é acusado de assédio sexual

  • 09/07/2019, 15:56 em 15:56
    Permalink

    Até que enfim hein paçoca.

    Resposta
  • 09/07/2019, 18:34 em 18:34
    Permalink

    Um búfalo morto no beliscão

    Resposta
  • 09/07/2019, 20:46 em 20:46
    Permalink

    Parece que o MP do Paraná não está nos seus melhores e gloriosos dias. Pelo jeito aquela assembleia de santos que parecia ser o MPPR – especialmente a turma de Curitiba – está cheia de joio.

    Resposta
  • 09/07/2019, 21:59 em 21:59
    Permalink

    Esse não é aquele que gosta de algemar os outros pelo tornozelo pra mostrar na telinha da poderosa?

    Resposta
    • 10/07/2019, 10:53 em 10:53
      Permalink

      Pois é. Por que não está com a cara dele na televisão. Pois o MP primeiro acusa e mostra a cara do cidadão . Ferra com a vida familiar e profissional para depois se comprovar a inocência ou não. O dele é diferente?

      Resposta
  • 09/07/2019, 22:07 em 22:07
    Permalink

    Ferro neste cara mostra a cara dele é realmente quem é que se esconde atrás do poder ..não da mole não paçoca ..

    Resposta
  • 10/07/2019, 11:17 em 11:17
    Permalink

    Eita……”beliscada”? KKKKKKKKKKK! Essa tá pior que a do Neymar………….cada qual tem a Najila que merece mas convenhamos, a alegria dos bandidos daquele sindicato do Brasil é RISÍVEL.

    Resposta
  • 10/07/2019, 13:26 em 13:26
    Permalink

    Não lembro de ter visto esse cidadão na telinha do plinplin se explicando , ou a constituição pra eles é diferente pra nós mortais ….os mortais são escrachados, família exposta e reputação jogada na lama …

    Resposta
  • 10/07/2019, 14:07 em 14:07
    Permalink

    Pra chegar a ser Chefe Estadual do GAECO não deve ser um Posto fácil de se chegar… Deve-se ter uma reputação ilibada e mais outras tantas qualidades. Já ví denúncias pra desqualificar pessoas e quando se pede a materialidade dos fatos é que se começa a comprovar se houve ou não o “crime”. No Boletim de Ocorrência foi apresentado essa materialidade? Ela é válida? São perguntas que se deve fazer antes de jogar palavras ao vento ou o nome de uma pessoa, com história de excelentes trabalhos no GAECO e de Cidadão Honorário de Londrina, em lugar incerto. Reparar o erro nem sempre é possível. Por fim não concordo com publicações sem comprovação legal e legítima.

    Resposta
  • 10/07/2019, 15:32 em 15:32
    Permalink

    Isso me faz lembrar o caso de uma oriental que trabalha na mesma “empresa”, tomou uns goro a mais e se envolveu num acidente …se fosse um cidadão normal teria ido preso e perdido a carteira , uns 2 anos de suspensão e depois reciclagem , com ela nada aconteceu …abafou o caso … São duas constituições uma pra nós mortais e outra escrita somente pros sangue azul…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: