CMTU e os aditivos contratuais. Agora a jaca é de Marcelo Cortez

No ano passado, em novembro, o então presidente da CMTU de Londrina, Moacir Sgarioni, foi a imprensa para dizer que havia renegociado contratos, apertado o cinto, e promovido uma economia de cerca de R$ 22 milhões.  A maior fonte de economia, segundo o diretor-presidente da CMTU, teria sido novo contrato para a coleta de rejeito e lixo orgânico com a empresa Kurica Ambiental, que representaria redução de custos de R$ 3,6 milhões no período de 12 meses.

Pois bem e veja bem.

A CMTU acaba de fazer o seu 3º Aditivo ao contrato com a Kurica Ambiental para a coleta de lixo em Londrina na gestão Marcelo Belinati em quase 810 mil reais a mais.
Note-se que a CMTU, vamos repetir, dizia que haveria uma diminuição de custo (“Boa parte do valor total a ser economizado refere-se à contratação da empresa Kurica Ambiental Ltda., que em um ano vai poupar os cofres da companhia em R$ 3.641.300,00 com a coleta do rejeito e do lixo orgânico.“) https://bit.ly/2G9lubD
Sgarioni não está mais na CMTU, em seu lugar assumiu o advogado Marcelo Cortez, ex-presidente da COHAB.
3° TERMO ADITIVO AO CONTRATO: N.º 002/2017 – FUL 
PROCESSO ADMINISTRATIVO: N.º 067/2017- FUL PREGÃO PRESENCIAL: 013/2017- FUL 
PARTES: Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização – CMTU LD, gestora do Fundo de Urbanização de Londrina e Kurica Ambiental S/A. 
OBJETO DO ADITIVO: acréscimo de 6.315,697 toneladas ao contrato 002/2017-FUL, que tem por objeto a prestação de serviços de coleta manual e mecanizada dos resíduos domiciliares orgânicos e rejeitos, com o emprego de caminhões compactadores dotados de sistema de rastreamento, monitoramento e gerenciamento eletrônico, com pagamento por toneladas coletadas. 
VALOR: A majoração prevista na cláusula primeira importa no acréscimo de R$ 809.735,51(oitocentos e nove mil setecentos e trinta e cinco reais e cinqüenta e um centavos) ao valor atualmente contrato. 
DATA: Londrina, 15 de março de 2018. 
ASSINATURAS: CMTU-LD: Moacir Norberto Sgarioni / Diretor Presidente; Marcio Tokoshima / Diretor Administrativo Financeiro; e 
KURICA AMBIENTAL S/A: Marcello Almeida de Oliveira/Diretor Presidente. 

2 comentários em “CMTU e os aditivos contratuais. Agora a jaca é de Marcelo Cortez

  • 27/03/2018, 21:36 em 21:36
    Permalink

    Dr Alan da uma boa conversada com o japones da CMTU não guenta 5 minutos de conversa ou vai esperar vaza na imprensa

    Resposta
  • 28/03/2018, 09:33 em 09:33
    Permalink

    Vai recompor o contrato anterior com a Visatec dos Janene e a baiana MM, da gestão Nedson e Barbosa Neto.
    Todos processados e alguns já condenados.
    E aí MP?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: