Cohab de Londrina está a mira da Lei das Estatais

Aos poucos a Prefeitura de Londrina vai se conscientizando de que é obrigada a seguir a lei federal 13.303/16 inclusive para a CMTU e COHAB, já que a Sercomtel foi um pouco mais traumática com a saída do Luiz Adati e Nilso Paulo, indicações do PTB e que não puderam continuar nos cargos de presidente e diretor comercial.

Na CMTU Moacyr Sgarioni foi convidado a sair, com a chegada de Marcelo Cortez, que teve de se desfazer do diretor de Operações Odivaldo Moreno Alves. Agora a Cohab pediu tempo para se adequar – 4 meses – que vencerá no dia 7 de dezembro de 2018.
PORTARIA Nº 059/2018
O DIRETOR PRESIDENTE DA COMPANHIA DE HABITAÇÃO DE LONDRINA – COHAB-LD, no uso de suas atribuições, que lhe são conferidas pelo Estatuto Social, RESOLVE:
I. Designar os funcionários, JULIANA ESTROPE BELEZE, RONALDO ANTUNES DA SILVA, RAFAEL CALIL JORGE FILHO, titulares e, CRISTINA MARY MIZAKAMI QUINAGLIA como suplente, para sob a presidência da primeira, comporem a Comissão para Elaboração das Regras de Governança, de acordo com o previsto no parágrafo 3ª do Artigo 1º da Lei Federal nº 13.303/2016.
II. O prazo para entrega dos trabalhos será de 120 (cento e vinte) dias, prorrogável por 90 (noventa) dias, se houver necessidade, contados da data de sua publicação.
III. Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação, ficando revogada a Portaria 019/2018, bem como as disposições em contrário.
IV. Publique-se na forma da Lei.
Londrina, 03 de agosto de 2018.
Luiz Candido de Oliveira – Diretor Presidente
A relação de comissionados da diretoria da COHAB apresenta 15 membros, incluindo o primo do Prefeito Marcelo Belinati, Edmilson Salles Belinati e outros vinculados ao grupo do tio Antonio Casemiro Belinati, como Lucindo Carli Loures – https://bit.ly/2ASchSK
1 Luiz Candido de Oliveira R$ 19.568,81
2 Heleno Solano Rabello R$ 10.095,65
3 Sheyne Talima Bueno Lopes R$ 3.645,07
4 Emerson Barros Baptista R$ 7.260,80
5 Hiran Medeiros Hollanda Junior R$ 6.790,30
6 Andrea Nubia Zanlorenci R$ 5.232,20
7 Vanderlei Dias Calderon R$ 4.684,47
8 Ellen Cristina Fernandes Panza R$ 4.684,47
9 Francisjones Cavalcanti R$ 4.422,03
10 Lucindo Carli Loures R$ 2.648,28
11 Celso Santos Contato R$ 3.645,07
12 Claudinei Gonçalves Cassiano R$ 3.645,07
13 Ines Aparecida Arzoli R$ 2.648,28
14 Edimilson Pinheiro Salles R$ 9.929,79
15 Leonilda Aparecida Piras G. Der Bedrossian R$ 3.645,07
Total Comissionados Mensal – R$ 92.545,36
Mas já houve integrantes que foram desligados após a desincompatibilização dos cargos para disputa eleitoral – lista Abril https://bit.ly/2OlXQZb
1 Luiz Candido de Oliveira (Funci.carreira) Diretor Presidente 02/04/2018 9 DIR-3
2 Antonio Lucimar Ferreira Luiz (Funci.carreira) Diretor Adm/Financ. 03/01/2017 C- 25
3 Heleno Solano Rabello Assessor Diretoria 04/05/2009 5-ESP-26
4 Sheyne Talima Bueno Lopes Assessor Diretoria 04/01/2017 5-ESP-34
5 Emerson Barros Baptista Assessor Diretoria 04/01/2017 5-ESP-07
6 Hiran Medeiros Hollanda Junior Assessor Diretoria 04/01/2017 5-ESP-6
7 Andrea Nubia Zanlorenci Assessor Diretoria 09/01/2017 5-ESP-3
8 Wanderlei Dias Calderon Assessor Diretoria 17/01/2017 5-ESP-04
9 Ellen Cristina Fernandes Panza Assessor Diretoria 01/02/2017 5-ESP-04
10 Francisjones Cavalcanti Assessor Diretoria 15/05/2017 5-ESP-02
11 Lucindo Carli Loures Assessor Diretoria 17/05/2017 5-ESP-33
12 Celso Santos Contato Assessor Diretoria 06/09/2017 5-ESP-34
13 Claudinei Gonçalves Cassiano Assessor Diretoria 02/01/2018 5-ESP-34
14 Ines Aparecida Arzoli Assessor Diretoria 17/04/2018 5-ESP-33
15 Edimilson Pinheiro Salles Assessor Diretoria 20/04/2018 5-ESP-11

6 comentários em “Cohab de Londrina está a mira da Lei das Estatais

  • 09/08/2018, 12:24 em 12:24
    Permalink

    15 comissionados na Diretoria.
    93 mil reais de gastos.
    Primo do prefeito escondido lá.
    Cadê o MP de Londrina?

    Resposta
  • 09/08/2018, 18:52 em 18:52
    Permalink

    MP já foi mais atuante. Absurdo. O que esse Barros É Tio Vereador, Edimilson é primo dos Belinati e demais fazem ai. Levantar produção. Com esse dinheiro quantas casas poderiam ser construidas ano. Má gestão do Martins. Um monte de parente indicado. Como a Camara Fiscaliza.

    Resposta
  • 09/08/2018, 19:09 em 19:09
    Permalink

    14 Edimilson Pinheiro Salles R$ 9.929,79
    Edimilson Pinheiro Salles Assessor Diretoria 20/04/2018 5-ESP-11

    Está na história dos clãs de Londrina:
    Edmilson Pinheiro Salles – sobrinho de Emília. Belinati. Atuou como assessor no gabinete de Antonio Carlos Salles Belinati. Antes de trabalhar para o primo, Edmilson atuava no gabinete de Marcelo Belinati, na Câmara Municipal de Londrina.

    Suzelei de Fátima Guilherme Salles – esposa do sobrinho de Emília. Na Câmara Municipal de Londrina, Suzilei esposa de Edmilson Pinheiro Sales, atuou como assessora no gabinete de Marcos Belinati.

    INICIO GESTÃO DE MARTCHELLO
    DECRETO Nº 57 DE 10 DE JANEIRO DE 2017

    SÚMULA: Nomeia cargos comissionados.

    O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE LONDRINA, ESTADO DO PARANÁ, no exercício de suas atribuições legais,
    Art. 3º Fica nomeado Edimilson Pinheiro Salles – matrícula nº 22.853-2, para, a partir de 2 de janeiro de 2017, exercer o cargo em comissão de Assessor Executivo I, código AE01, percebendo a vantagem correspondente ao símbolo “CC-01” , pertencente ao Plano de Cargos e Carreiras da Administração Direta do Município de Londrina.
    http://www2.londrina.pr.gov.br/jornaloficial/images/stories/jornalOficial/jornal_3170_assinado.pdf

    Brasília no gabinete do primo Belinati
    248310 EDIMILSON PINHEIRO SALLES 2016 04/03/2016
    http://www.camara.gov.br/boletimadm/suplementos/2016/SP040216.pdf

    DIREITO – D 1999
    https://www.folhadelondrina.com.br/cidades/unopar-divulga-lista-de-2-chamada-185777.html

    Concurso 2007 para
    Cargo: AUDITOR FISCAL DE TRIBUTOS – SERVIÇO DE AUDITORIA FISCAL DE TRIBUTOS

    48000092 EDIMILSON PINHEIRO SALLES 41425814/PR
    http://www.cops.uel.br/concursos/48_pml/anexo_I_edital_049_2007.pdf

    Resposta
  • 10/08/2018, 08:38 em 08:38
    Permalink

    Brimo do brefeito, cuma assim? Isso pode Arnaldo?

    Resposta
  • 10/08/2018, 09:56 em 09:56
    Permalink

    Quem manda na Cohab é um tal de Paulo Renato Martins. Acessor do Canziane e indicado no conselho. Só MP rastrear que pega quem manda.

    Resposta
  • 11/08/2018, 19:30 em 19:30
    Permalink

    E aquele rapaz do MDB, que sonhava em ser Presidente (da Estatal de Iluminação do Município de Londrina) que anexou declaração fria dizendo que não tinha impedimento face a nova Lei das Estatais, mas, como mentira tem perna curta, a verdade veio a tona e, embora, supostamente tenha infringido o Código de Ética e Conduta dos Funcionários -pois o caso é cabeludo por envolver o vice prefeito – o Processo Administrativo continua esquecido na gaveta do setor de COMPLIANCE da empresa. Porque será presidente? Porque será diretora Administrativa? Comportamento e Conduta Ética só valem para funcionários chão de fábrica?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: