Com carta de muçulmanos, CPI da Petrobras desiste de exumação

Menos mal que o presidente da CPI da Petrobras, Hugo Motta,  desistiu de pedir a exumação do corpo do ex-deputado federal, José Janene. Ele recebeu uma carta da comunidade muçulmana do Paraná, confirmando que o ex-deputado foi enterrado com todos os costumes islâmicos.  Ainda sim, o presidente aguardará o atestado de óbito e a declaração do hospital.

Sem medo de pagar o mico do ano, Motta havia dito que pediria a exumação do corpo do ex-deputado pois tinha ouvido falar que ele estaria vivo.

E é esse cara que conduz a CPI da corrupção na Petrobras.

Deixe uma resposta