Covid-19: o impacto da pandemia na dinâmica eleitoral

O Antagonista
O TSE, por enquanto, não cogita mexer no calendário eleitoral deste ano — as eleições municipais estão marcadas para outubro.
Mas impacto da pandemia do novo coronavírus na dinâmica eleitoral certamente haverá.
Os cartórios eleitorais estão fechados. É diretamente nos cartórios que o cidadão faz, por exemplo, a transferência de título de eleitor. Não há a possibilidade de fazer esse serviço eletronicamente.
Outro exemplo: o prazo para a transferência de domicílio eleitoral termina em 4 de abril. Candidatos que quiserem disputar a eleição em cidades vizinhas e não transferiram o domicílio anteriormente, provavelmente, não conseguirão mais fazê-lo.

One thought on “Covid-19: o impacto da pandemia na dinâmica eleitoral

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: