Crise afeta até os ambulantes

Algumas empresas de confecção de Londrina passam por dificuldades, como outros segmentos. E isso também tem atingido fortemente os vendedores ambulantes que ficam em frente às fábricas, vendendo alimentos, refrigerantes. “Naquelas fábricas próximas a Avenida Henrique Mansano, eu chegava a atender até 60 pessoas com meus doces. Agora parou tudo”, disse um dos ambulantes.

 

Deixe uma resposta