Das coisas que só o PSDB sabe fazer: Indicado para Comissão de Direitos Humanos, responde por 36 mortes

Do Estadão

A bancada do PSDB na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) indicou o deputado estadual Coronel Telhada, ex-comandante das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), para uma das três vagas a que o partido tem direito na Comissão de Direitos Humanos da Casa. A escolha contrariou parte dos parlamentares tucanos. Por ora, porém, a liderança do PSDB diz que vai manter o ex-PM na comissão.

Na sexta, ao compartilhar uma notícia sobre sua indicação, Telhada afirmou que “agora sim teremos na Alesp uma comissão de Direitos Humanos que realmente se preocupará com os direitos de todos os cidadãos”. Para o tucano, “policiais militares são os verdadeiros defensores dos direitos humanos, pois diariamente arriscam suas vidas por outros humanos e juraram sacrificar as próprias vidas se preciso for pela vida dos outros humanos”.

Telhada começou na política em 2012, três anos depois de ter assumido o comando da Rota, notória tanto pelo papel no combate ao crime organizado como pela letalidade de suas operações. No currículo, tinha 32 anos de carreira, 36 mortes em ações pela Polícia Militar e 80 elogios em sua ficha. Ao estrear nas urnas, foi eleito vereador na capital pelo PSDB. (leia mais)

2 comentários em “Das coisas que só o PSDB sabe fazer: Indicado para Comissão de Direitos Humanos, responde por 36 mortes

  • 10/05/2016, 16:43 em 16:43
    Permalink

    Oxente… de agressor a defensor… é duro acreditar hein!

    Resposta
  • 10/05/2016, 19:50 em 19:50
    Permalink

    O que se pode esperar de um partido perdedor que se une a um traidor? O PSDB de hoje é a Arena de ontem.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: