De porta em porta defendendo o tratamento precoce

E um grupo autodenominado Unidos Contra a Covid Londrina está indo de casa em casa em algumas regiões da cidade para divulgar o tratamento precoce que, diga-se, todas as entidades médicas afirmam categoricamente que “não existe tratamento precoce” para a doença.

O panfleto mostra que o grupo defende o uso da ivermectina e da hidroxicloroquina.

Aliás, o leitor que enviou o panfleto disse que a pessoa que entregou a ele estava sem máscara e mesmo assim gastou um tempo tentando convencê-lo.

9 thoughts on “De porta em porta defendendo o tratamento precoce

  • 13/05/2021, 13:54 em 13:54
    Permalink

    Tomara que eu não me depare com uma criatura dessa.

    Só pode ser os bolsominions de Londrina.

    Aqueles que se concentram na Av. Higienópolis.

    Quem está financiando? Precisa investigar isso?

    Resposta
    • 16/05/2021, 18:53 em 18:53
      Permalink

      Tomara ninguém da sua família pegue a doença e tenha que ir pra casa tomando dipirona e esperando a respiração complicar. Deus guarde cada mude vocês os proteja. Quanto aos que, através de receita de seus médicos, optarem por toma o que for receitado, costumamos chamar de liberdade.

      Resposta
    • 14/05/2021, 14:46 em 14:46
      Permalink

      Jorge Palumbo, em nenhum momento o CFM aprova categoricamente o uso do tratamento precoce, na verdade o CFM na conclusão de seu parecer joga no colo do médico e do paciente a decisão, com o agravante do médico ter obrigatoriamente que informar o paciente sobre a não comprovação científica, a eficácia.

      Resposta
      • 14/05/2021, 16:14 em 16:14
        Permalink

        Olá Glaucia , em nenhum momento afirma que aprova e muito menos desaprova, a liberdade de escolha é a melhor alternativa e cabe ao profissional da saude decidir junto com o paciente, não se pode ignorar os estudos existentes por qualquer motivo que seja, o que interessa é salvar vidas e ponto. Toma quem quer.

        Resposta
    • 14/05/2021, 16:55 em 16:55
      Permalink

      Conselho Federal de Medicina: um puxadinho do genocida comandado por médicos nada científicos. Esse conselho se desmoralizou antes mesmo da pandemia acabar. Quá! Quá! Quá!

      Resposta
  • Pingback: Grupo distribui panfleto divulgando tratamento precoce contra a Covid-19 em Londrina

  • 14/05/2021, 17:04 em 17:04
    Permalink

    O rebanho que está distribuindo esses panfletos é formada por uns coitados estão sendo remunerados (E quem está pagando? Certamente por alguém que quer limpar a barra do genocida em Londrina.) ou por ignorantes. Se a cidade tivesse um bom prefeito, com certeza já teria mandado sua secretaria da Çaúde fazer uma campanha de esclarecimento da população e a polícia ir atrás desses criminosos que induzem pessoas a se contaminarem oferecendo cura fácil para uma doença gravíssima. Fora Bolsonaro e seus asseclas.

    Resposta
    • 15/05/2021, 16:48 em 16:48
      Permalink

      Capaz do dinheiro que remunera esses panfleteiros virem de algum esquema espúrio de rachadinha.

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: