Delator da Andrade Guitierrez diz que campanha de Dilma foi regada à propina

A segunda maior empreiteira do país, Andrade Gutierrez, fez doações à campanha da presidente Dilma Rousseff (PT), e de seus aliados em 2010 e 2014, utilizando propinas de obras superfaturadas da Petrobras e Sistema Elétrico. A informação surgiu na delação premiada do ex-presidente da empresa, Otávio Marques de Azevedo. Uma planilha sistematizada também caiu nas mãos da Procuradoria- Geral da República. Esta é a primeira vez que um sistema é descrito pela Operação Lava Jato (de financiamento de partidos por meio de propinas de contratos públicos legalizadas na forma de doação eleitoral). Em 2014, a Gutierrez doou R$ 20 milhões para o comitê de campanha da Dilma. Em 2010 e 2012, as doações teriam sido de R$ 10 milhões vinculados à participação da empreiteira em contratos de obras públicas.

2 comentários em “Delator da Andrade Guitierrez diz que campanha de Dilma foi regada à propina

  • 07/04/2016, 20:11 em 20:11
    Permalink

    E a Andrade Gutierrez doou ainda mais dinheiro para a campanha do Aécio do que doou para a campanha da Dilma. Será que existe algum imbecil que acredita que o dinheiro doado pro PSDB era abençoado? A propósito, a Andrade Gutierrez faz milagres em governos tucanos. No Paraná, por exemplo, já já a Andrade Gutierrez vira dona da Sanepar. Sócia privilegiada já é.

    Resposta
  • 07/04/2016, 20:16 em 20:16
    Permalink

    Só uma pergunta aos aflitos golpistas de onde vem o dinheiro para pagar campanhas,é dinheiro licito que cai do céu,ou é dinheiro de quem presta serviço para tudo quanto é governo e cobra depois.Estou vendo ai que 1% de todas obras eram para adubar campanhas,mas quanto era a comissão da Camargo correia quando eles trabalhavam nos governos anteriores,15%20% ou mais que isso.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: