Dengue já matou 38 em Londrina

do N.com/Dayane Albuquerque

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou, nesta quinta-feira (14), novo boletim que traz dados atualizados sobre a dengue em Londrina. Na 20ª semana epidemiológica do ano, a cidade registra 36.642 notificações relacionadas à doença, das quais 14.781 foram confirmadas, 4.969 descartadas e 16.818 estão em andamento, aguardando o resultado de exames laboratoriais.

O número de óbitos por dengue, suspeitos, subiu de 35, na semana passada, para 38 nesta semana. Também aumentou o número de mortes confirmadas de uma semana para outra, de 19 para 23, ou seja, houve a confirmação de mais quatro mortes por dengue. Há outros 10 óbitos em investigação e quatro foram descartados.

Assistência – Londrina possui duas unidades de referência para atender os casos relacionados à dengue. Uma é o Centro de Convivência da Pessoa Idosa (CCI) Norte, localizado na Rua Luiz Brugin, 570, esquina com a Avenida Saul Elkind. O local funciona todos os dias da semana, das 7h até 1 hora da manhã. A outra é a Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Casoni, que atende de segunda a sábado, das 7h às 19h, na Avenida Dez de Dezembro, 580, região central.

Outras UBSs da cidade também estão recebendo pacientes com suspeita de dengue. As exceções ficam por conta das seis unidades que estão direcionadas apenas para o atendimento de casos relacionados ao coronavírus e a doenças respiratórias: Guanabara (centro), Bandeirantes (oeste), Ouro Branco (sul), Chefe Newton e Maria Cecília (norte) e Vila Ricardo (leste), e também a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Sabará, que funciona diariamente, 24h, somente para esta finalidade.

Disque-Dengue – A população pode fazer denúncias de imóveis ou áreas suspeitas de terem focos do mosquito Aedes aegypti, entre eles terrenos baldios ou ambientes que possam facilitar a proliferação do vetor. O contato pode ser feito pelo telefone 0800-4001893, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

One thought on “Dengue já matou 38 em Londrina

  • 14/05/2020, 17:09 em 17:09
    Permalink

    E o prefeito preocupado com covid( aliás aquela verbinha liberada pelo governo federal).

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: