Depois de querer proibir distribuição de comida para os pobres, Greca agora quer premiar entidades que fizerem distribuição

Rafael Greca – SMC

do PontoPolítico

Após a repercussão negativa da proposta original, que previa multa para quem distribuir comida sem autorização, o prefeito Rafael Greca (DEM) agora quer “premiar” quem atender a população em situação de rua e vulnerável de Curitiba. Pela nova versão do projeto, as Organizações da Sociedade Civil (OSCs) que aderirem ao Programa Mesa Solidária terão acesso ao Banco de Alimentos e a produtos adquiridos com recursos do Fundo de Abastecimento Alimentar de Curitiba (Faac).

A prefeitura também promete disponibilizar prédios públicos para a distribuição organizada dos alimentos e, se for necessário, poderá alugar espaços para a distribuição regular de comida à população socialmente vulnerável. As mudanças constam no substitutivo geral protocolado no dia 6 de abril pelo prefeito. (leia mais)

Deixe uma resposta