Depois que “aditivaram” o IPTU do Londrinense, sobra dinheiro para aditivos de toda ordem

TERCEIRO TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº SMGP-0345/2017; PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº PA/SMGP-2526/2017;

DISPENSA Nº DP/SMGP-0319/2017;

CONTRATADA: CONSÓRCIO PÚBLICO INTERMUNICIPAL DE INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ESTADO DO PARANÁ – CINDEPAR; REPRESENTANTE: ANTONIO CARLOS LOPES; CNPJ Nº: 18.273.727/0001-08; OBJETO: É objeto do presente aditamento a correção do valor calculado do §3º da Cláusula Primeira do Contrato (0811513) – Apostilamento 01 (0871151), no item “Serviços de Micropavimentação”, onde consta R$ 1.400.000,00 (um milhão quatrocentos mil reais), deveria constar R$ 1.398.600,00 (um milhão, trezentos e noventa e oito mil e seiscentos reais) – resultantes da Multiplicação da metragem original 270.000m², pelo valor unitário de R$5,18 (cinco reais e dezoito centavos), com consequente alteração do valor contratual.

 

§01º O Valor do Contato passará de R$ 1.654.259,82 (um milhão, seiscentos e cinquenta e quatro mil, duzentos e cinquenta e nove reais e oitenta e dois centavos), para R$ 1.652.859,82 (um milhão, seiscentos e cinquenta e dois mil oitocentos e cinquenta e nove reais e oitenta e dois centavos);
§02º Considerando a correção expostas no caput, o quadro descritivo de valores do §3º da Cláusula Primeira do Contrato (0811513), retificada no Contratos: Apostilamento SMGP-DGLC-ERIK (0871151), passa a dispor:
VALOR DESCRIÇÃO
R$ 1.398.600,00 Serviços de micropavimentação asfáltica com usina móvel ( 270.000m², R$ 5,18 por m²), com fornecimento de insumos, usina móvel, tanque para armazenar a emulsão e equipe com 03 funcionários. E fornecimento de água para abastecer a usina
R$ 67.500,00 Hospedagem e Refeições de 04 funcionários ( 270.000m² x R$ 0,25)
R$ 89.100,00 Serviços de lavagem de ruas e podas de árvores ao custo de R$ 0,33 por m² ( 270.000m² x R$ 0,33)
R$ 29.700,00 Serviços de Apoio/ Acabamento ao custo de R$ 0,11 por m² ( 270.000m² x R$ 0,11)
R$ 59.400,00 Locação do Caminhão Pipa ao custo de R$ 0,22 por m² (270.000m² x R$ 0,22). Para lavagem de ruas e Abastecimento da usina de micro.
R$ 8.000,00 Fornecimento de 500 sacos do CAUQ Concreto Asfáltico Usinado a Quente para aplicação a frio estocável para tapa buracos.
R$ 214,82 Emissão de ART (conforme Art. 2º da Resolução 1067/2015 do CONFEA)
R$ 345,00 Vistoria Técnica (Visita Técnica do Engenheiro R$ 280,00 e R$ 1,00 por Km percorrido (Astorga – Londrina)
PROCESSOS SEI Nº: Gestão:(19.008.058848/2017-32);
Aditamento:(19.021.006816/2018-64); Procuradoria: (19.008.007013/2018-03); DATA DE ASSINATURA: 21/03/2018;

11 comentários em “Depois que “aditivaram” o IPTU do Londrinense, sobra dinheiro para aditivos de toda ordem

  • 27/03/2018, 17:39 em 17:39
    Permalink

    O Ministério Publico é muito pacato em Londrina.

    Resposta
    • 29/03/2018, 10:03 em 10:03
      Permalink

      NOVO ADITIVO.
      Já tem um quarto aditivo –
      aumenta o valor da Emulsão… é… cadê o Ministério Público de Londrina? Mistério.

      QUARTO TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº SMGP-0345/2017;
      PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº PA/SMGP-2526/2017;
      DISPENSA Nº DP/SMGP-0319/2017;
      CONTRATADA: CONSÓRCIO PÚBLICO INTERMUNICIPAL DE INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ESTADO DO PARANÁ – CINDEPAR;
      REPRESENTANTE: ANTONIO CARLOS LOPES;
      CNPJ Nº: 18.273.727/0001-08;
      OBJETO: É objeto do presente aditamento o Reequilíbrio Econômico-Financeiro do valor unitário do item referente ao “Serviço de Micropavimentação”, em razão da alteração no custo do insumo “EMULSÃO RC .1 CE”, que representa um aumento de R$ 0,12 (doze centavos) M² no custo final do item, que passa de R$ 5,18 (cinco reais e dezoito centavos), para R$ R$ 5,30 (cinco reais e trinta centavos);
      §01°. Com o ajuste do valor unitário, a presente contratação sofrerá o reequilíbrio de R$ 24.337,40 (vinte e quatro mil trezentos e trinta e sete reais e quarenta centavos), passando o valor total contratado de R$ 1.652.859,82 (um milhão, seiscentos e cinquenta e dois mil oitocentos e cinquenta e nove reais e oitenta e dois centavos)* para R$ 1.677.197,22 (um milhão, seiscentos e setenta e sete mil cento e noventa e sete reais e vinte e dois centavos).
      §02º. A alteração terá vigência desde o protocolo do requerimento em 09/01/2018.
      PROCESSOS SEI Nº: Gestão:(19.008.058848/2017-32); Aditamento:(19.008.001544/2018-84); Procuradoria: (19.008.007805/2018-70);
      DATA DE ASSINATURA: 27/03/2018;
      O Termo Aditivo estará, na íntegra, disponível no site do Município de Londrina

      Resposta
  • 27/03/2018, 18:38 em 18:38
    Permalink

    Coloca a população na rua… Vigília na porta do Centro Cívico…

    Resposta
  • 27/03/2018, 21:34 em 21:34
    Permalink

    ta na hora de bater a tarafa e pegar todos os bagrinhos, alo Renato coloque seus meninos para trabalhar e não esta dificil.

    Resposta
  • 28/03/2018, 00:24 em 00:24
    Permalink

    Primeiro houve licitação?
    Quem participou?
    Uma empresa q presta serviço na área urbana os funcionários são contratados na cidade nao tem despesa de hospedagem nem despesa de refeição ele tem vale alimentação e leva marmita para o serviço. Uma despesa de $67.500.00 desnecessária. Lavagem,poda e caminhão pipa despesa de $148.500.00 desnecessária a prefeitura tem caminhão pipa e terceirizados para a poda. Total da despesa inútil $204.500.00.
    Mais despesas com deslocamento $ 1.00 o km rodado Astorga/Londrina/Astorga se for diário mais $150.00 por dia mais $345.00 de vistoria técnica e $280.00 visita técnica.
    Quem faz vistoria e visita técnica para acompanhar o serviço é o contratante a Prefeitura
    de Londrina.

    Resposta
    • 28/03/2018, 09:29 em 09:29
      Permalink

      Tem despesas demais e aleatórias e desnecessárias

      Resposta
    • 28/03/2018, 11:26 em 11:26
      Permalink

      Mas para que ele vai fazer economia? O dinheiro não é dele, é do povão bobão que o elegeu em primeiro turno.
      Gastará a vontade, satisfará os amigos e companheiros, o MP e o TCE só vão tomar alguma atitude daqui uns dez anos ou mais como no caso do Tio famoso.

      Resposta
  • 28/03/2018, 13:27 em 13:27
    Permalink

    Será que ninguém percebeu que o aditivo é de redução e que do valor do contrato DIMINUÍU?

    Resposta
    • 28/03/2018, 20:01 em 20:01
      Permalink

      Uhum diminuiu R$1.400,00 do contrato. Exatamente duas viagem da vistoria tecnica e visita técnica engenheiro ida e volta daqui a Astorga. GRANDE ECONOMIA. Como a obra vai durar no mínimo seis meses, imagina o custo disso.

      Resposta
    • 28/03/2018, 20:43 em 20:43
      Permalink

      Kkkk, os caras nem lêem direito e vao na do paçoca, eta NÓIS

      Resposta
      • 29/03/2018, 10:00 em 10:00
        Permalink

        É aumentaram as despesas do hotel. Só isso dá encrenca.
        E este contrato novo?
        Seguirá este valor de referência do similar CAUQ?

        R$ 8.000,00
        Fornecimento de 500 sacos do CAUQ Concreto Asfáltico Usinado a Quente para aplicação a frio estocável para tapa buracos.

        Comunicamos aos interessados que se encontra disponibilizada a licitação a seguir: Concorrência nº CP/SMGP-0006/2018, objeto: Execução de 530.200m2 de recapeamento asfáltico em vias urbanas do Município de Londrina e serviços complementares, com fornecimento do CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente) pelo Município de Londrina. Valor máximo da licitação: R$ 8.154.788,97 (oito milhões, cento e cinquenta e quatro mil,
        setecentos e oitenta e oito reais e noventa e sete centavos).
        O edital poderá ser obtido através do site http://www.londrina.pr.gov.br. Quaisquer informações necessárias pelo telefone (43) 3372-4118 ou ainda pelo email: [email protected].
        Londrina, 27 de março de 2018.
        Fábio Cavazotti e Silva – Secretário Municipal de Gestão Pública.

        Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: