Deputados podem ser expulsos do PSL, inclusive o de Londrina

do blog da Luciana Pombo

Os deputados Bia Kicis (PSL-DF), Chris Tonietto (PSL-RJ), Filipe Barros (PSL-PR), Junio Amaral (PSL-MG), Luiz Phillipe de Orleans e Bragança (PSL-SP) e Márcio Labre (PSL-RJ), serão expulsos do Partido Social Liberal (PSL) por votarem contra a PEC do Fundeb. Bia Kicis também perderá a vice-liderança do governo na Câmara.
“É um absurdo os diversos posicionamentos contrários à sociedade vindos desses deputados bolsonaristas, que no final acabam maculando a imagem do PSL. A expulsão é o caminho mais justo. O voto deles contrário ao novo Fundeb, prova o quanto estão desalinhados e descomprometidos com a educação do nosso país, totalmente na contramão de tudo aquilo que a legenda defende”, disse o deputado Júnior Bozzella, presidente do partido em São Paulo e vice-presidente nacional.

2 thoughts on “Deputados podem ser expulsos do PSL, inclusive o de Londrina

  • 25/07/2020, 11:38 em 11:38
    Permalink

    E o blog do Tony Garcia?

    Resposta
  • 25/07/2020, 18:34 em 18:34
    Permalink

    Depois de abrir as portas para o fascismo, o PSL agora parece estar todo arrependidinho. O PSL deve, sim, ser enviado ao purgatório antes de ser queimado no inferno eleitoral por ter dado guarida aos inimigos da democracia, aos conservadores que querem a volta da moral medieval, aos adversários e destruidores dos direitos dos trabalhadores. O PSL que se insurge contra o bolsonarismo não vai encontrar moleza. Vai, de cara, ter a vida devassada pelos arapongas pagos com nosso dinheiro, criados pelo Moro e Bolsonaro e engordados pelo novo ministro evangélico da inJustiça. O PSL vai ter que fazer muito mais do que expulsar os inimigos da Fundeb, da educação, de seus quadros, vai ter que pedir perdão 24 horas por dia pelas merdas que cometeram contra o Brasil ao abrir as portas para o bolsonarismo.

    Resposta

Deixe uma resposta para Família Richa Cancelar resposta

%d blogueiros gostam disto: