Deputados votam contra o Paraná

Do Fábio Campana

Na noite desta quarta-feira, 6, na Câmara dos Deputados, sete dos 30 deputados paranaenses votaram contra o Estado no projeto de lei que prevê a renegociação das dívidas estaduais com a União. A liderança do governo entrou com requerimento pedindo regime de urgência ao projeto, o que dava celeridade na votação da proposta que pode gerar uma economia de R$ 500 milhões neste ano ao Paraná.
No entanto, para travar os recursos que podem ser investidos em obras de infraestrutura ou mesmo cumprir os acordos do pagamento das promoções, progressões e do reajuste ao funcionalismo, votaram pela derrubada do requerimento os deputados Aliel Machado (Rede), Assis do Couto (PDT), Christiane Yared (PR), Enio Verri (PT), João Arruda (PMDB), Marcelo Belinati (PP) e Zeca Dirceu (PT)
Para dar urgência na tramitação do projeto, faltaram apenas quatro votos. Foram 253 votos a favor, 131 contra e duas abstenções. Para aprovar esse tipo de pedido, são necessários 257 votos favoráveis.
O interessante é de que os sete deputados, quatro votaram contra o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT): Aliel Machado, Assis do Couto, Enio Verri e Zeca Dirceu. O deputado João Arruda comemorou pelo facebook a decisão do legislativo. O senador Roberto Requião (PMDB) e o ex-presidente Lula (PT) também comemoram a derrota do governo Temer.

2 thoughts on “Deputados votam contra o Paraná

  • 08/07/2016, 12:36 em 12:36
    Permalink

    Bem safado o título desse post escrito por um capachildo do Beto Richa e velho defensor do Michel Cunha. Quem conhece bem o tal de Fábio Campana sabe do amor dele pelo dinheiro público. Aliás, um amor especial… Ponto positivo para o deputado Marcelo Belinati. Quanto aos outros dois deputados golpistas, o Alex Canziani e o Hauly, pêsames. Este apenas defendeu o interesse de seu governador incompetente, o Alex apenas está provando que continua devoto da dupla Temer/Cunha.

    Resposta
  • 10/07/2016, 09:35 em 09:35
    Permalink

    É bom, a bem da verdade, que se deixe claro e de forma cabal e definitiva que a atuação do Deputado Federal Marcelo Belinati continua clara e cristalina na defesa dos interesses do povo paranaense e brasileiro.
    Na quarta feira passada foi votado o pedido de urgência para o projeto que trata do acordo sobre a dívida dos Estados com a União. O pedido de urgência teve 253 votos favoráveis. Eram necessários 257. Assim o requerimento de urgência foi rejeitado e o projeto não foi apreciado. A URGÊNCIA
    Portanto o Deputado Marcelo Belinati nunca se colocou contra o Paraná e muito menos contra Londrina, como quiseram afirmar. A prova é que foi votado somente o regime de urgência deste projeto e não o seu teor. O projeto ainda vai ser debatido na Câmara, porém, respeitando todos os trâmites regulares, passando pelas comissões permanentes, onde serão analisados diversas questões, e posteriormente indo a ser votado em plenária.
    É bom que fique bem claro que o projeto não foi arquivado, mas que irá tramitar no regime normal da Câmara, passando por todas as comissões e havendo um debate amplo a respeito deste tema que é bastante espinhoso e complicado na atual situação econômica em que se encontra a nação. Marcelo Belinati não voltou contra o Paraná. Ele votou contra o açodamento. Essa matéria é muito séria. SE APROVADA DISPENSARIA O PROJETO DE PASSAR PELAS COMISSÕES, POSSIBILITANDO SUA IMEDIATA VOTAÇÃO.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: