Descanse em Paz Osvaldo Macedo

Por Antonio Santiago

Eu o conheci em 1980, nas reuniões do MDB. Ele era deputado federal.

Como só existiam dois partidos, ARENA e MDB, nós do PCB clandestino nos abrigávamos no MDB, que na verdade era mais que um partido. Era uma frente contra a ditadura militar. Tinha de tudo, de trabalhador a patrão, de rico a pobre, de esquerda à direita, de revolucionário a reacionário.

Ele era um intelectual nato, orador de primeira grandeza e um grande democrata.

Ensinou-me muito na política. Estreitamos nossa amizade e ele foi meu padrinho de casamento em 1981. Seu sonho era ser prefeito de Londrina, coisa que “quase” deu certo em 1982. Perdeu uma eleição praticamente ganha, por conta de boatos maldosos, fakenews da época. Foi reeleito em 1986, já como constituinte e disputou a prefeitura novamente em 1992. E perdeu novamente, abortando ali seu sonho maior de governar a cidade. A última vez que o vi foi na década de 90 e hoje fiquei sabendo que ele se foi definitivamente.

Descanse em paz, Osvaldo Evangelista de Macedo.

2 comentários em “Descanse em Paz Osvaldo Macedo

  • 24/01/2020, 16:10 em 16:10
    Permalink

    Quando a gente compara aqueles deputados federais da Ala Autêntica eleitos, no período da ditadura militar, em Londrina, entre eles o ex-deputado Osvaldo Macedo, com os atuais, impossível não passar vergonha… e raiva.

    Resposta
  • 24/01/2020, 23:00 em 23:00
    Permalink

    Sr. Santiago, em 1980, já havia acabado o bipartidarismo. O próprio PT foi fundado em dezembro de 1979. Mas a candidatura de Osvaldo Macedo em 1982 foi engolida pela candidatura de seu companheiro de seu próprio partido (o PMDB teve três candidatos a prefeito já que havia a tal da sublegenda): o eleito foi Wilson Moreira. Conta a história que, com o instituto da sublegenda, a porradaria acontecia não só entre candidatos de partidos diferentes mas entre candidatos do mesmo partido. O projeto de ser prefeito de Londrina também não se concretizou em 1992. Ele nem foi pro segundo turno que foi disputado entre Cheida do PT e Wilson Moreira do PSDB. Cheida ganhou inclusive com muitos votos dados no primeiro turno ao candidato do PMDB, Osvaldo Macedo. Mas, como deputado federal, Macedo foi um dos melhores – se não o melhor – que Londrina elegeu em toda a sua história.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: