Dificuldades momentâneas

Do Angelo Rigon

Um político maringaense, considerado o mais próspero que a política local já produziu, está com dificuldades de honrar os compromissos assumidos principalmente no ano passado. A Lava-Jato ligou holofotes complicadores para quem deseja internalizar dinheiro. O certo é que tem se destacado como malabarista, explicando aos credores com uma sinceridade de delator premiado que simplesmente está descapitalizado, por ora.
Os compromissos são milionários.

Um deles, em atraso há cerca de um mês, passa de R$ 17 milhões. Há também as ‘pequenas dívidas’, coisas de até R$ 5 milhões cada, que dependem fundamentalmente da paciência de quem tem para receber. O político, com fama de abrir portas em órgãos públicos, tem oferecido terrenos como pagamento (a maioria tem recusado) e também como garantia ao buscar dinheiro com ágio. Há relatos de que chega a constranger os que não lhe atendem ou dificultam o enriquecimento – que ainda, sabe-se lá por quê, não despertou a atenção do Ministério Público. Paolicchi, é consenso hoje na cidade, era aprendiz perto da figura.

Um comentário em “Dificuldades momentâneas

  • 10/08/2015, 19:20 em 19:20
    Permalink

    Beto Hitler estatelado, este politico, vai preso a qualquer momento….

    Vai ser duro aturar, mas;

    REQUIÃO ME CHAMA QUE EU VOU.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: