Do alto do mundo paralelo, Mourão diz que não há racismo no Brasil

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, disse nesta sexta-feira (20), ao chegar ao Palácio do Planalto, que no Brasil não existe racismo. “Isso é uma coisa que querem importar aqui para o Brasil, não existe aqui”, afirmou ao ser perguntado sobre a morte de um homem negro (João Alberto Silveira Freiras, 40 anos) brutalmente espancado por seguranças brancos num supermercado em Porto Alegre.
Para Mourão, a equipe de segurança do local estava “totalmente despreparada”. E lamentou o episódio: “Lamentável. A princípio, a segurança (estava) totalmente despreparada para a atividade que tem que fazer”..

O vice-presidente fez também uma comparação com os Estados Unidos. “Eu digo para você com toda tranquilidade: não tem racismo. Eu digo isso para vocês porque eu morei nos Estados Unidos. Racismo tem lá. Eu morei dois anos nos Estados Unidos. Na minha escola, que eu morei lá, o pessoal de cor, ele andava separado. Eu nunca tinha visto isso aqui no Brasil”. (De O Globo).

5 thoughts on “Do alto do mundo paralelo, Mourão diz que não há racismo no Brasil

  • 21/11/2020, 10:48 em 10:48
    Permalink

    Esse aí é outro gênio do governo Bolsonaro. Não é à toa que o vice general acredita que o satélite passa sobre a Amazônia de ano em ano. Kkkkkk

    Resposta
  • 21/11/2020, 20:24 em 20:24
    Permalink

    E a Terra é plana…

    Resposta
  • 22/11/2020, 14:39 em 14:39
    Permalink

    Bolsonaristas e aliados do bolsonarismo falam hoje todo tipo de merda. Não passam de oportunistas que pensam ter se transformados na inteligência do país. Quando muito, apresentam títulos forjados ou qualificação obtida em escolas de baixíssima qualidade. Não estivessem exercendo cargos eletivos, suas opiniões não apareceriam nem em rodapés de páginas de jornais. Em breve, a sociedade brasileira voltará ao seu curso democrático e essas personagens ridículas que expõem opiniões igualmente ridículas voltarão ao ostracismo de onde nunca deveriam ter saído.

    Resposta
  • 23/11/2020, 12:44 em 12:44
    Permalink

    A pessoa que foi mostrada não é Cidadão. Pesquise a ficha criminal dele, veja o vídeo onde ele aparece agredindo o segurança PRIMEIRO. Ele já era conhecido do ambiente policial e bem conhecido diga-se de passagem. Tentaram chamar o Presidente de racista e ele apresentou vários integrantes de seu governo que era afrodescendentes. Ops… coloquei afrodescendentes em minúsculo, será que sou RACISTA também?! Vão procurar o que fazer e pensem no que vão escrever, exceto se tiverem segunda intenções. Ah, comparativo do que o vice-presidente falou sobre satélite…Vão armazenar o vento …

    Resposta
  • 24/11/2020, 15:03 em 15:03
    Permalink

    “Só no ano que vem, quando vai passar o satélite de novo,,,” (Mourão, julho/2020). Quá! Quá! Quá!
    “Meu neto é um cara bonito. Branqueamento da raça.” (Mourão, outubro/2018). Tese do branqueamento da raça era defendida por racistas de 100 anos atrás.
    “Vou visitar empresários, que são militares, vão me apresentar transmissão de energia elétrica sem meios físicos. Vamos resolver o problema de energia elétrica de Roraima passando por cima da floresta”. (Bolsonaro, janeiro/2020). Não dá nem pra comentar. Quá! Quá! Quá!
    É uma besteira atrás da outra…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: