Dois prefeitos no mesmo dia? Assinaturas pra todo lado?

Da Correspondente que corresponde, Telma Elorza

E vamos começar o dia com uma dúvida. Leia com atenção o texto abaixo e tente me explicar o que está acontecendo. Ganha uma mariola quem me fizer esse favor.

Que o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, gosta de viajar todo mundo sabe, né? Desaparece dessa cidade de uma tal maneira que ninguém acha. O sobrinho andou tão sumido em janeiro – quando estourou a bomba do IPTU – que todo mundo começou a questionar. A assessoria de imprensa dele logo tratou de explicar que ele estava licenciado para resolver problemas pessoais. E que teria comunicado à Câmara seu afastamento do dia 19 de janeiro a 2 de fevereiro. A Tarobanews até fez matéria bonitinha.
Mas essa mania de acumular milhagens que ele tem, não é de agora. Volta e meia ele some e o vice assume. Mas com isso, criou-se uma nova modalidade de administração: a de dois prefeitos no mesmo dia. 
Uma bisbilhotada de leve no Diário Oficial do Município, percebe-se que, em várias ocasiões, o vice João Mendonça assume a cadeira de prefeito e assina vários decretos e atos legislativos. Até aí tudo bem. Se o prefeito Marcelo Belinati também não assinasse vários decretos e atos legislativos no mesmo dia. Pode isso, Arnaldo? Dois prefeitos empossados no mesmo dia?
Nos jornais 3430, 3434 e 3442 aparecem atos do executivo assinado pelo prefeito Marcelo Belinati, no dia 4 de janeiro. Já no jornal 3452, olha quem aparece assinando pela Prefeitura, no dia 4 de janeiro? João Mendonça da Silva, prefeito em exercício. O mesmo se repete nos dias 9, 12 e 15 de janeiro. Procurem lá, é só ir no Diário Oficial.
Alguém pode me explicar como é possível ter dois prefeitos num mesmo dia, por favor?

Este slideshow necessita de JavaScript.

5 comentários em “Dois prefeitos no mesmo dia? Assinaturas pra todo lado?

  • 08/02/2018, 11:10 em 11:10
    Permalink

    Gestão participativa dá nisso.
    Todo mundo participa.

    Resposta
  • 08/02/2018, 12:59 em 12:59
    Permalink

    podem ir limpando as gavetas isto é se sobraram as ditas gavetas…….adios amigos

    Resposta
  • 08/02/2018, 14:18 em 14:18
    Permalink

    Se o prefeito está oficialmente afastado e o vice está em exercício, os documentos assinados pelo prefeito espertinho certamente não têm validade.

    Resposta
  • 08/02/2018, 18:23 em 18:23
    Permalink

    O pior disso é ter dois que não valem um.

    Resposta
  • 10/02/2018, 03:05 em 03:05
    Permalink

    Devido ao processo SEI a assinatura é eletrônica, então o prefeito pode assinar de onde estiver. Já tive processos meus assinados quase meia noite.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: