E a sabotagem continua

do Contraponto

O presidente Jair Bolsonaro disse a um grupo de apoiadores que quem tomar a vacina contra a covid-19 terá que assinar uma espécie de “termo de responsabilidade”.
“Não é obrigatória [a vacina]. Vocês vão ter que assinar termo de responsabilidade para tomar. Porque a Pfizer, por exemplo, é bem clara no contrato: ‘Nós não nos responsabilizamos por efeitos colaterais’”, afirmou.

“Tem gente que quer tomar, então toma, a responsabilidade é tua. Se der algum problema aí… espero que não dê”, destacou o presidente.

Nesta terça-feira, o presidente deverá assinar medida provisória com o objetivo de aportar R$ 20 bilhões para a compra de vacinas contra a covid-19.

4 thoughts on “E a sabotagem continua

  • 15/12/2020, 17:37 em 17:37
    Permalink

    “a Pfizer, por exemplo, é bem clara no contrato: ‘Nós não nos responsabilizamos por efeitos colaterais’”.
    E onde o governo esta errado se nem o fabricante se responsabiliza por algo feito as pressas? Querem que o governo se responsabilize ou que deixe espaço para futuras ações indenizatórias? O blogueiro por acaso, quando presta assessoria politica em época de campanha, dá garantias de eleições aos seus clientes? Certíssimo o Governo Federal.

    Resposta
  • 15/12/2020, 19:34 em 19:34
    Permalink

    Pra mim não seria problema assinar esse “termo de responsabilidade” proposto pelo genocida. Mas, como vivemos (ou acreditamos que vivemos) num regime democrático, quem recusa tomar a vacina também deveria assinar um termo de responsabilidade renunciando ao tratamento pelo SUS em caso de contaminação pelo coronavírus, inclusive das doenças associadas à covid-19. Nessa circunstância o primeiro a assinar a renúncia ao tratamento do coronavírus com recursos públicos deveria ser o próprio chefe do rebanho. Afinal de contas, se ele se contaminar novamente pelo coronavírus, terá uma meia dúzia de médicos à disposição 24 horas por dia, terá o Hospital Militar de Brasília com quarto, os melhores equipamentos e os mais eficientes medicamentos para combater o vírus que ele tanto ama.

    Resposta
  • 16/12/2020, 14:12 em 14:12
    Permalink

    Mais uma ideia de jerico que obviamente será levada à lata de lixo. Bolsonaro só impressiona os tolos, isto é, o gado.

    Resposta
  • 16/12/2020, 17:33 em 17:33
    Permalink

    23:59 – “Não tome cloroquina! Um remédio de 80 anos pode ser perigoso!”
    00:00 – “Tome vacina! Faz algumas semanas que a criamos mas vai dar certo! TENHA FÉ NA CIÊNCIA! E não comemore o Natal, ok?”

    Resposta

Deixe uma resposta para Campos Cancelar resposta

%d blogueiros gostam disto: