E aí deputado Filipe Barros, pode, por favor, responder?

O deputado federal de Londrina, Felipe Barros (PSL) chegou a intermediar audiência com religiosos católicos para tentar expulsar o arcebispo Dom Geremias de Londrina.

Quem não se lembra da campanha: Tirem o PT do Altar, com outdoors etc espalhados por Londrina?

Pois bem, o deputado foi citado várias vezes pelo pastor da Igreja Presbiteriana  que pedia encarecidamente que os seus fiéis assinassem a ficha para viabilizar a formação do Partido Aliança pelo Brasil. Partido que está sendo fundado pelo presidente Bolsonaro e que deve ser o destino de Filipe Barros.

A pergunta é: Deputado Filipe Barros, vai rolar um Tirem o Aliança pelo Brasil do Altar, e das igrejas, ou neste caso pode?

 

11 thoughts on “E aí deputado Filipe Barros, pode, por favor, responder?

  • 28/01/2020, 19:59 em 19:59
    Permalink

    Isso não é ser católico… é ser caótico! HAHAHAHAHAAH!

    Resposta
  • 28/01/2020, 20:30 em 20:30
    Permalink

    “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia.” (Mateus 23:27)

    Resposta
  • 28/01/2020, 20:37 em 20:37
    Permalink

    Nessa toada, a Igreja Presbiteriana, importada dos Estados Unidos, poderá mudar seu nome mais adequadamente para Igreja Bolsonariana, nascida na Ponta da Praia.

    Resposta
  • 29/01/2020, 10:38 em 10:38
    Permalink

    Quero parabenizar por esta bela postagem. Aliás este deputado é muito folgado , basta ver a imensa e imponente sede com bandeira fotos e etc no Jardim Quebec, mais especificamente na Rua Michigan.
    Aliás até hoje ninguém sabe se este tem uma religião pois vai em todas as igrejas que rendem votos.
    Mais uma decepção para nossa cidade, pois com todo o acesso com o Presidente até agora não fez nada pela cidade.
    E agora com um busão está em plena campanha , isto não é uma falta de decoo parlamentar , pois foi eleito para trabalhar e não para ficar filiando pessoas.
    parabéns por ter feito esta inteligente explanação.

    Resposta
  • 29/01/2020, 11:19 em 11:19
    Permalink

    Paçoca, desconfio que teremos que esperar sentadinhos numa poltrona bem confortável, com o controle remoto na mão. Se bem que, é a Igreja que deveria se manisfestar urgente. Que vergonha hein?

    Resposta
  • 29/01/2020, 12:18 em 12:18
    Permalink

    Esquemão (quanto está custando? quem está financiando?). O pastor Emerson Patriota pede que os “irmãos”, depois do culto, passem no ônibus para dar seu apoio ao partido do Bolsonaro e não se esquece de avisar que até o pessoal do cartório (qual cartório? quem está pagando esse cartório? o dono do cartório está apoiando Bolsonaro porque tem medo de perder a concessão?) está lá para reconhecer firma (isso pode, Paçoca?) etc. etc. etc.

    Resposta
  • 29/01/2020, 13:41 em 13:41
    Permalink

    Não diria a Igreja , mas os donos das igrejas que estão se transformando em comitê.

    Resposta
  • 29/01/2020, 16:07 em 16:07
    Permalink

    misturou igreja e politica, ja deu ruim… MP vai fazer algo?

    Resposta
  • 29/01/2020, 18:21 em 18:21
    Permalink

    Tirem as milicias do altar!

    Resposta
  • 29/01/2020, 21:10 em 21:10
    Permalink

    Gostaria de saber o que esse torquemadinha calvinista diria se um deputado católico progressista colocasse uma faixa bem na frente da igreja com a frase: “Tira o ônibus do partido fascista do pátio da igreja”.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: