E as articulações em Rolândia para se ter um candidato único a prefeito

O atual prefeito de Rolândia, José de Paula, está costurando uma quase mágica. De Paula assumiu o cargo depois que foi confirmada a cassação do mandato do ex-titular Jhonny Lehmann. Porém, segundo o Tribunal Superior Eleitoral, deverá ocorrer nova eleição já que o processo de cassação foi iniciado ainda no inicio do mandato de Lehmann.

Por enquanto ainda não ha definição de prazos para um novo pleito. Mas, como estamos quase em julho, é certo que a eleição só ocorreria depois de outubro. Ou seja, o vencedor teria apenas pouco mais de um ano de mandato.

Zé de Paula quer convencer os demais postulantes – o médico Luiz Francisconi e a vereadora Sabine Giensen, além do do ex-vice José Danilson – ser ele candidato único para finalizar esse restinho de mandato. Os demais aguardariam o ano que vem quando haverá eleições em todos os municípios.

Com certeza precisará argumentar muito bem para convencer os demais concorrentes.

Um comentário em “E as articulações em Rolândia para se ter um candidato único a prefeito

  • 30/06/2015, 10:19 em 10:19
    Permalink

    O Zé de Paula é ingênuo. Para dar certo essa proposta dele é preciso combinar com os russos.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: