E, em Cambé, empresa reclama, prefeitura contesta

Em Cambé a indústria Veneza Dermocosméticos reclama que desde 2018 protocola anualmente pedido de vistoria da Vigilância Sanitária para a renovação do Alvará de Licença. Segundo o proprietário da empresa, que existe há 24 anos e emprega mais de 30 colaboradores, a falta da vistoria tem prejudicado as exportações da empresa.

Veja a nota da prefeitura:

Sobre esta situação, a Prefeitura de Cambé informa que a Vigilância Sanitária compareceu ao local e fez os apontamentos necessários para concessão do alvará e apenas está cumprindo a legislação vigente no município, cabendo à empresa se adequar a elas. Ressaltamos ainda que a equipe da Vigilância Sanitária, após apontar as pendências, foi ofendida pelo citado empresário. Por fim, ressaltamos que o alvará será expedido assim que as pendências forem regularizadas.

Segundo a nota acima, o empresário diz que houve desentendimento sobre o escopo da fiscalização mas não agressão e que tem testemunhas que estavam presentes durante o episódio.

Agora, fala sério, tá na hora das duas partes sentarem e discutirem a relação. A empresa gera emprego e impostos. A prefeitura precisa de receita.

Bora conversar, meu povo.

Deixe uma resposta