É Londrina, mas podem chamar de Tubiacanga

Por Antonio Santiago

E o camundongo, digo Ratinho, governador do meu Paraná, em um momento de diarreia mental, provavelmente orientado pela ACIL (Associação Comercial e Industrial de Londrina), que conta com a simpatia do seu funcionário, o prefeito Marcelo Belinati, está analisando a viabilidade financeira de criar um teleférico na cidade.

Ligando a rodoviária ao Calçadão.

Eu, na minha ignorância e com a cabeça fraca que tenho, sempre achei que para tal evento era necessário ter montes. Pelo menos em todos que andei tinham.

Camboriu, Rio de Janeiro, Chile e Poços de Caldas. Ou irão construir o morro também?

Uma sugestão: Poderiam construir um ali na Higienópolis, naquela enorme caixa d’água.  E já poderiam ir estudando um que ligasse o Cinco Conjuntos ao Shopping Catuaí.

Depois de uma notícia dessas, fica mais fácil a gente entender porque um padre tentou (e se deu mal) viajar amarrado em balões de festas infantis.

É Londrina, mas podem chamar de Tubiacanga.

5 thoughts on “É Londrina, mas podem chamar de Tubiacanga

  • 06/05/2021, 21:06 em 21:06
    Permalink

    Nos últimos quatro dias, 46 londrinenses morreram de covid. Desde o início da pandemia, são 1.295 mortos. E se alguém pegar o vírus, pode ter certeza, vai estar lascado: a taxa de ocupação de UTI Covid para adultos em Londrina é de 98%. No Paraná, a situação é a mesma, só que multiplicada. E os dois jecas que governam Londrina e o Paraná vem com essa idéia estapafúrdia, como as semelhantes que são jogadas ao vento nos botecos por bêbados a beira de coma alcoólico. Os dois chefes do executivo parecem aquele outro do Palácio do Planalto. Aquele que garantiu que podemos estar vivendo uma guerra bacteriológica (Com vírus!), uma guerra química (Com seres vivos!) ou uma guerra radiológica (Com o coronavírus atacando com armas radiológicas!). Seria engraçado se não fosse dramático. Londrinenses, paranaenses, brasileiros, estamos todos ferrados pelos governantes néscios que foram eleitos.

    Resposta
  • 06/05/2021, 21:30 em 21:30
    Permalink

    Sr. Santiago, me perdoa a discordância mas o senhor está exagerando na comparação de Londrina com Tubiacanga. Londrina está alguns degraus abaixo de Tubiacanga. Afinal de contas o prefeito de Tubiacanga ostentava em seu gabinete uma foto do escritor negro Lima Barreto, um dos melhores do Brasil, com a faixa de presidente do Brasil. Não dá pra comparar gabinete de prefeito com foto de Lima Barreto com prefeito amigo de genocida. Não concorda?

    Resposta
  • 07/05/2021, 10:30 em 10:30
    Permalink

    Londrina, nos últimos anos, sempre teve um Odorico Paraguaçu na prefeitura, saldo engano, então esperar o que de um povo desse

    Resposta
  • 07/05/2021, 15:50 em 15:50
    Permalink

    Odorico Paraguaçu era prefeito de Sucupira. Mas, pensando bem, realmente Londrina e seu prefeito têm muito a ver com Sucupira. Enquanto o prefeito Odorico Paraguaçu só pensava na inauguração de um cemitério, o capiau de Londrina deve estar pensando o tempo todo em inaugurar teleférico.

    Resposta
  • 08/05/2021, 14:37 em 14:37
    Permalink

    Muito bom o texto.
    De fato, sempre pensei que teleférico fosse para lugares íngremes, montanhosos.
    Tive também a oportunidade de andar no famoso bondinho do Rio de Janeiro e Camboriú.
    Morri de medo, mas a vista compensa.
    Para mim só tem uma explicação: é a política do pão e circo puramente eleitoreiro.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: