E ninguém quis participar do pregão para avaliar psicologicamente a GM

Se houve licitação para escolha de consultórios ou profissionais de psicologia para acompanhamento e laudo para os portadores de armas da Guarda Municipal, por que não houve interesse e a disputa ficou ‘deserta’, que no jargão dos barnabés é para designar aquela licitação onde ninguém apareceu. Vejam a ata:

PREGÃO Nº PG/SMGP-0094/2018
PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº PAL/SMGP-315/2018
1. DADOS GERAIS 1.1 Objeto: Registro de Preços para eventual contratação da prestação de serviços de aplicação de exame de capacidade psicológica para o Porte e Manuseio de Arma de Fogo para o quadro da Guarda Municipal de Londrina. 
1.2 Aprovação do Edital: parecer jurídico documento SEI nº 19.008.025774/2018-39.(1142585):
1.3 Pregoeiro: Eliane Andrade Gonçalves …
2. DO CERTAME
2.1 LICITAÇÃO DESERTA 
3. DAS CONSIDERAÇÕES GERAIS:
3.1 Resultado Deserto.
O guarda municipal Fábio Takeshi Nakayama informou que, ao questionar as psicologas que fazem parte da última ata registrada, e que estavam do lado de fora da sala de licitações, o motivo de não participarem, estas informaram que não tinham interesse em razão do valor muito abaixo do mercado. Londrina, 20 de junho de 2018.
Eliane Andrade Gonçalves – Pregoeira

2 comentários em “E ninguém quis participar do pregão para avaliar psicologicamente a GM

  • 28/06/2018, 19:12 em 19:12
    Permalink

    Cá entre nós, quem vai se candidatar a receber uma merreca e avaliar negativamente um cidadão que pode andar armado com uma pistola .40 pra baixo e pra cima? É ruim, né?!?

    Resposta
  • 28/06/2018, 19:30 em 19:30
    Permalink

    Do jeito que os “quero ser puliça” andam fazendo caca, louco é o psicológico que atestar eles.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: