E por que a bronca com a ACIL? Simples

A foto acima mostra um pouco – ou muito – do descontentamento de moradores com a Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL).

O fato é que, quando há discussões importantes, como o aumento brutal do IPTU, por exemplo, geralmente o cidadão comum nem é chamado para as reuniões. O comum é que se reúnam as entidades da sociedade organizada. Porém, quem são elas? Sindicatos empresariais, associações empresariais, etc.

E por que a bronca com a ACIL?

Simples. A ACIL, por muito tempo, arvorou-se em defesa da sociedade como um todo.

Ocorre que na discussão do IPTU tanto ela, como também a Sociedade Rural e outras tantas foram engolidas pelo discurso tergiversador – pra não dizer mentiroso – da administração municipal.

Agora mesmo, depois do rolo todo, ficou satisfeita em “congelar” o aumento do IPTU para os próximos anos.

Pois é. Apoiou o congelamento do estrago feito no bolso de todos os contribuintes como se isso resolvesse o problema.

Não resolve.

E assim, passo a passo, vai perdendo a confiança do cidadão comum.

 

6 comentários em “E por que a bronca com a ACIL? Simples

  • 13/03/2018, 16:10 em 16:10
    Permalink

    Tanto a SRP – Sociedade Rural do Paraná, cujo ex presidente foi o prefeito Alexandre Kireeff e também um ex presidente que virou diretor da CMTU o Moacir Sgarioni, e o hoje ex empreiteiro Afranio Brandão, com o ex empreiteiro Claudio Tedeschi são representantes de imobiliaristas e de homens de negócio que são donos de empreendimentos imobiliários, como incorporadores e administradores de próprios, em suas administradoras de bens.

    Tinha ex presidente da SRP como conselheiro de administração da Sercomtel. Ex presidente da ACIL como Presidente da Sercomtel e outro no Conselho de Adminstração da Sercomtel.

    Eles não protocolam nada sobre os condomínios irregulares.
    Nada contra os loteamentos malfeitos.
    Nada. Rezam para chover na horta deles.

    E ainda convidam a OAB – justamente a entidade dos advogados contratados para defender os que ousaram entrar na Justiça, para fazer parte de uma Comissão de Avaliação dos Insatisfeitos com o IPTU, a chamada CAI IPTU.
    E a entidade dos advogados aceita, sem nenhuma decisão coletiva da entidade ou apoio da direção estadual da OAB Paraná.

    Viva a CAI IPTU.
    Clube de amigos de Antonio Casemiro Belinati e Marcelo Belinati Martins que vão analisar caso a caso, sem nenhuma autorização legal para tanto, sem condições morais para tal.

    Simples assim:
    Tem representante do agronegócio nos anos 70/80 que virou representante dos corretores de imóveis, já que suas ex fazendas de café viraram casas ou imóveis para aluguel.
    Vivem de renda. Os chamados rentistas.
    Cidade de rentistas.

    Resposta
  • 13/03/2018, 16:57 em 16:57
    Permalink

    Simples assim. Eles só se manifestam em causa própria. .interesses próprios e só …e com relação ao IPTU. Talvez a grande maioria morem em condomínios não desmembrados!!

    Resposta
    • 13/03/2018, 21:06 em 21:06
      Permalink

      E outra parte é formada por proprietários de imóveis que não pagam IPTU, quem paga são seus inquilinos.

      Resposta
  • 13/03/2018, 21:01 em 21:01
    Permalink

    Se a Acil tivesse direito a voto na Câmara, seria o terceiro voto do PSDB no aumento do IPTU. Quá! Quá! Quá!

    Resposta
  • 14/03/2018, 09:48 em 09:48
    Permalink

    A Acil é Temer. A Acil é Beto Richa. Não podia ser diferente em Londrina: a Acil é Marcelo Belinati. A Acil só funciona bem contra o PT.

    Resposta
    • 14/03/2018, 18:02 em 18:02
      Permalink

      Mais uma piada. Por falar em piada, o próprio PT é a grande piada, pois funciona muito bem contra o próprio PT, vide as cagadas dos petistas que culminaram na cassação da presidanta e prisão do Bocão. kkkk

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: