E ele quer ser presidente

da F.São Paulo

Auditoria do TCM (Tribunal de Contas do Município) aponta que João Doria (PSDB), então prefeito de São Paulo, gastou com publicidade oficial no ano passado mais do que o permitido pela legislação. No 1º semestre de 2018, desembolsou cerca de R$ 73,8 milhões com propaganda. O valor é 122% a mais do que o permitido pela lei federal 9.504/97. Doria disputou e venceu a eleição para governador e, pela lei descumprida, está sujeito a cassação, perda da função pública, ressarcimento integral dos danos e suspensão dos direitos políticos. Juíza condenou o tucano a pagar multa por uso do slogan ‘Acelera SP’ na prefeitura.

Deixe uma resposta