Em Cambé a folha de pagamento da prefeitura explodiu. Está em 55% da arrecadação

E o novo prefeito de Cambé, José do Carmo Garcia (PTB), vai ter uma baita jaca para descascar já a partir do dia 1 de janeiro. Acontece que o atual prefeito, João Pavinato, ao contrário do que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal, não segurou os custos da prefeitura e a folha de pagamento do funcionalismo já atinge 55% da arrecadação, quando poderia no máximo, segundo diz a lei, ser de 49%.

“Vejo desafios na área da saúde, como a falta de médicos, o que se agrava um pouco mais diante do comprometimento da folha de pagamento, hoje em 55% da LRF. A educação infantil também preocupa, além do fundo próprio da previdência, afinal a regularidade é essencial para mantermos as certidões junto ao Ministério da Previdência,” comentou Zé do Carmo na Folha de Londrina.

One thought on “Em Cambé a folha de pagamento da prefeitura explodiu. Está em 55% da arrecadação

  • 17/11/2016, 13:26 em 13:26
    Permalink

    Se forem cortados os gastos excessivos com CARGOS COMISSIONADOS e FUNÇÕES GRATIFICADAS, em sua grande maioria esses nomeados são amigos do Rei Pavinato, esse índice cai drasticamente.
    É uma pena que o Ministério Público de Cambé não toma providências enérgicas a respeito desse assunto tão grave e que traz resultados devastadores para a população de Cambé, especialmente a de baixa renda!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: