Enquanto isso, em Londrina…

Do blog do Zé Beto Do enviado especial

Anunciado com pompas e circunstâncias pelo ‘Facebook’ do deputado federal e ex-candidato derrotado a prefeito de Londrina  Marcelo Belinati (PP), onde este afirma que “atendendo a seu convite” o ministro da Integração Nacional visitará os estragos das chuvas no Paraná hoje, a Folha de Londrina já escrachou o atraso na visita (ler abaixo). O interessante na história é que o parlamentar não poderá fazer um regabofe em louvor ao ilustre visitante na chácara do tio e ex-prefeito cassado Antônio Belinati, nem na do vereador Marcos Belinati (PP), pois as duas ficam em locais (Espírito Santo e Recanto do Salto) localizados após as pontes interditadas.
Vai fazer uma coletiva na frente da ponte desmilinguida no ribeirão Cafezal, mas a reconstrução com dinheiro federal não será anunciada tão cedo, até por que o Orçamento da União está contingenciada pela presidente Dilma Rousseff. A visita, portanto, terá mais caráter político do que qualquer outra coisa, além de abastecer a autoridade federal e sua comitiva de diárias. O povo continuará atravessando a ponte caída – a pé ou de moto, no pequeno vão liberado.

http://www.folhaweb.com.br/?id_folha=2-1–1419-20160119&tit=com+uma+semana+de+atraso+ministro+visita+cidades+afetadas+pela+chuva

8 comentários em “Enquanto isso, em Londrina…

  • 19/01/2016, 09:56 em 09:56
    Permalink

    Essa ponte desminliguida no ribeirão Cafezal não é aquela ponte inaugurada há 6 meses? Pois é. Segundo informação da imprensa local, essa ponte foi construída com R$ 2 milhões enviados pelo governo federal e R$ 170 mil do município. Dinheiro que a incompetência de quem a construiu fez ir pro ralo. Será que procedimento o prefeito Kireeff já tomou para estabelecer responsabilidades sobre a queda de uma ponte recém construída? O dinheiro era para uma ponte mas o resultado pareceu ser uma pinguela. É bom que o ministro venha e melhor ainda que ele aproveite o momento para fiscalizar o que está sendo feito no município com o dinheiro enviado pelo governo federal.

    Resposta
  • 19/01/2016, 10:38 em 10:38
    Permalink

    Dinheiro federal é uma piada deste Tuca do gabinete do Boca Aberta.
    Cadê o dinheiro federal e o da Petrobras desviado?
    Vale umas pinguelas.

    Resposta
    • 19/01/2016, 12:11 em 12:11
      Permalink

      Meu amigo, nem conheço o Boca Aberta que você cita. A ponte que caiu foi construída com dinheiro federal sim: R$ 2 milhões. A parte da prefeitura foi R$ 170 mil. Se duvida, vá ao site da prefeitura e confira. Quanto ao dinheiro da Petrobras, seu desvio está sendo apurado. No meu bolso não chegou nem um centavo. Mas espero que também um dia seja apurado o desvio do dinheiro de Furnas (governo Aécio), do metrô em São Paulo (Covas, Serra e Alckmin), das privatizações do governo FHC e também do atual governo paranaense.

      Resposta
  • 19/01/2016, 12:08 em 12:08
    Permalink

    Prezado Claudio. Maldade tem limite. Esse seu texto é muito fora da realidade heim.

    Resposta
  • 19/01/2016, 13:22 em 13:22
    Permalink

    Eu prefiro o “MAZAROPINHO”aquele filho de deputado que deixou aquele bigodinho indecente para parecer ,mais velho e experiente rsrsrsrsrsr

    Resposta
  • 19/01/2016, 16:52 em 16:52
    Permalink

    Esse populismo do Marcelo (herdeiro do populismo do Belinati) e do Cobra não cabem mais na política. Criam factóides absurdos.São políticos que não tem noção do ridículo. São deputados que nada fiscalizam em nem fazem leis, apenas tentam praticar o velho assistencialismo demagógico de outrora.

    Resposta
  • 20/01/2016, 02:07 em 02:07
    Permalink

    Ministro vem de Brasília em avião da FAB e promete liberar um milhão de reais.
    Só um milhaozinho frente a 100 milhões de prejuízo na cidade.
    A câmara municipal de Londrina tem 13 milhões de reais parado no banco.
    Tem alguma coisa errada.
    1 milhão é o valor da casa do André Vargas que vai a leilão pelo juiz Sérgio Moro.

    Resposta
    • 20/01/2016, 13:50 em 13:50
      Permalink

      Ou 1/44 do que vale a casa do FHC na av FOCH em PARIS.

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: