Entidades de Londrina querem negociar volta ao trabalho

NOTA OFICIAL

Representantes de toda a cadeia produtiva que move a economia de Londrina e região, como comércio, indústria e serviços, já trabalham na coleta de informações e estudos de protocolos que possibilitem viabilizar a retomada das atividades na cidade, de maneira escalonada, organizada e no formato de isolamento vertical.

Esses estudos têm o intuito de avaliar de forma responsável e criteriosa, medidas coordenadas, orientadas por especialistas e em consenso com o poder público, a fim de não prejudicar as ações determinadas até agora por órgãos de saúde como forma de prevenir a dispersão do novo coronavírus (COVID-19).

Acreditamos no exercício de cidadania de toda a população como forma de achatar a linha de evolução da doença em nossa cidade, mas buscamos também a adoção de medidas estratégicas e alinhadas para reestabelecer as atividades de comércio, indústria e serviços o mais breve possível.

O planejamento final desses estudos será apresentado ao prefeito Marcelo Belinati para que possa somar às questões técnicas e tomar as medidas para nortear as ações de combate à pandemia e seus efeitos, tanto na área de saúde quanto econômica.

ACIL, Sinduscon, Sindimetal, Sincoval, Sociedade Rural do Paraná, CEAL, Abrasel, Londrina Convention, Sescap e Fórum Desenvolve de Londrina

6 thoughts on “Entidades de Londrina querem negociar volta ao trabalho

  • 27/03/2020, 11:10 em 11:10
    Permalink

    Quantas desculpinhas esfarrapadas! Vocês – que têm planos de saúde, hospitais particulares à disposição, respiradores à vontade, remédios importados, muito dinheiro para comprar saúde – vão decretar a morte de centenas de londrinenses, especialmente idosos, pobres e trabalhadores que voltarão ao trabalho em ônibus lotados.

    Resposta
    • 27/03/2020, 15:41 em 15:41
      Permalink

      Aquela velha conversa de parasita petista, que vê todo dono de negócio como um ricaço ganancioso explorador de pobres. Infelizmente, tenho que dar o braço a torcer, esse discurso ainda engana muito trouxa…

      Resposta
      • 27/03/2020, 20:01 em 20:01
        Permalink

        Anubian, você não percebeu que o que está em jogo é a vida das pessoas? Essa questão há muito deixou de ser partidária. Até o chefe da UDR, o governador bolsonarista Ronaldo Caiado perdeu a paciência e rompeu com Bolsonaro. Quem está assinando essa nota lamentável? Se tivesse a assinatura de um dirigente sindical trabalhista, também deveria ser duramente criticado. Faça o seguinte, Anubian, você que deve gostar muito desse pessoal que assina essa nota defendendo uma proposta que pode trazer ainda mais mortes para a cidade além de contribuir na saturação do já precário sistema de saúde (principalmente para os pobres porque os ricos têm bons planos de saúde mas estes devem ficar espertos, os primeiros mortos pelo coronavírus em SP estavam internados num hospital mantido por um bom plano de saúde) faça o seguinte: pede pro presidente do Acil convidar uns pastores da igreja do Silas Malafaia e do bispo Edir Macedo pra assinar a próxima notinha. Como os empresários, a igreja dos dois citados também precisa faturar, movimentar o comércio dos dízimos.

        Resposta
  • 27/03/2020, 11:39 em 11:39
    Permalink

    A notinha começa assim: “Representantes de todas a cadeia produtiva que move a economia de Londrina e região…”. Presunçosos! Não vejo aí nenhuma entidade que representa quem pisa no chão de fábrica, que faz massa e assenta tijolos, que costura 60 camisetas por hora… Vocês não levantam às 5 da manhã e vão ao trabalho em ônibus superlotados. Vocês não me enganam: vocês querem pôr em risco a vida de seus trabalhadores para garantir seus lucros. Como a gente ouve sempre nos botequins da vida: – Pimenta no ** dos outros é refresco.

    Resposta
  • 27/03/2020, 13:45 em 13:45
    Permalink

    As entidades poderiam então até para mostrar que não tem perigo,pegar o buzão lotado de mm hã e dar uma volta a tarde.

    Resposta
  • 27/03/2020, 14:24 em 14:24
    Permalink

    Essa sociedade de Londrina é uma roubada. Londrina não. Brasil… Povo cada dia mais burro…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: