Escândalo: o apoio de fevereiro não resistiu ao cheque de março

Do blog do Angelo Rigon

ApoioFPF

Em fevereiro, conforme o documento acima, o presidente da Sociedade Esportiva Alvorada Club (conhecido como Maringá FC), João Regini (também, conhecido como João Curitiba), assinou em 11 de fevereiro deste ano o apoio à reeleição do atual presidente da Federação Paranaense de Futebol, Hélio Pereira Cury. Dias depois retirou o apoio e passou a apoiar o ex-deputado federal comunista Ricardo Gomyde, conselheiro do Coritiba FC. Abaixo, um cheque de R$ 100 mil emitido pelo Coritiba FC para Paulo Cesar Regini, filho do presidente do Maringá FC, no dia 12 de março. O dinheiro que saiu dos cofres do Coxa teria a ver com a mudança de apoio.

 

One thought on “Escândalo: o apoio de fevereiro não resistiu ao cheque de março

  • 01/09/2015, 02:17 em 02:17
    Permalink

    Em Londrina quem votou com o comunista Ricardo Gomide?
    com o comunista da zona da mata – gilberto ponce e o cincão? o Nacional e Josué Danylson? o Arapongas e Adir Lemes?
    Quem?
    A portuguesinha?
    Pintou um mensalinho aí?
    Um pixuleco na conta?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: